2016/07/29

Notícias do dia

Actualização gratuita para o Windows 10 termina hoje; UberCENTRAL deixa empresas tratar do transporte dos clientes; Kickstarter já ajudou a criar mais de 8000 empresas e 300 mil postos de trabalho; e o No More Ransom ajuda utilizadores a evitarem e resolverem a praga do ransomware.

Seguem-se as notícias do dia, e não se esqueçam que amanhã é o nosso meeting mensal (as marcações encerram já daqui a pouco) e que também têm mais uma pergunta para o passatempo que esta semana vos poderá valer um media player 4K.

Projecto do carro da Apple vai centrar-se no software



Detalhes sobre o projecto do carro da Apple continuam a ser um segredo bem guardado, mas agora surge a indicação de que a empresa estará a dedicar-se principalmente à parte de criação de software para a condução autónoma e não à parte "mecânica" do veículo. Uma opção que faz todo o sentido, sabendo-se que a essência da questão se resume ao software.

Aliás, é nisso que aposta o projecto de George Hotz, que com um kit de $1000 promete adicionar capacidade de condução autónoma a qualquer carro recente. Seria caricato que a Apple viesse a comprar a sua empresa e a absorver o trabalho que ele tem feito... (embora não me pareça que a Apple o fizesse, nem que fosse pelo historial dele no jailbreak dos iPhones. :)


Apps do Google Docs ganham add-ons



Depois da web é a vez de também as apps mobile do Google Docs e Sheets ganharem funcionalidades acrescidas recorrendo a add-ons. Add-ons como o DocuSign permitem assinar digitalmente documentos a partir da app; e o Scanbot facilita o processo de digitalização e OCR, sem que tenham que sair da app.

... Aos poucos, as apps Android vão-se aproximando cada vez mais das capacidades das apps ditas "tradicionais", e será uma questão de tempo até que, para a maioria das pessoas, sirvam para fazer 99% daquilo que estavam habituadas a precisar de um PC e de um "Office" para fazer.


Microsoft vai despedir mais 2850 pessoas - sectores dos smartphones e vendas




A Microsoft parece ter-se resignado que "perdeu o comboio" da revolução mobile, e embora diga que voltará a apostar no sector mobile com novos equipamentos, por agora continua a cortar milhares de postos de trabalho. Para além dos 1850 indicados no início do ano, a MS revela que irá despedir mais 2850 pessoas, a maioria das quais estaria a trabalhar em divisões relacionadas com o desenvolvimento de smartphones, e também algumas dos departamento de vendas.

Parece que a abordagem da MS para o sector mobile consistirá, basicamente, em recomeçar do zero.


Serviço de TV da Apple adiado devido a conflitos com os estúdios?



Há muito que se ouvem rumores de que a Apple pretende oferecer um serviço de "TV", mas a demora prolongada parece não ter fim à vista e parece dever-se a conflitos nas negocições, com os estúdios e canais de TV a serem intransigentes face às exigências que a Apple tem feito. A Apple já é conhecida por impor as regras que quer, mas neste caso os detentores dos conteúdos têm estado a bater o pé e não parecem estar dispostos a dar facilidades à Apple (ainda mais quando muitos deles têm investido nos seus próprios serviços online, já lhes bastando a concorrência da Netflix).


Curtas do dia


Resumo da madrugada

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]