2016/12/02

Notícias do dia

A (in)sustentabilidade da Uber; o Hoterway dá-nos duches quentes desde o primeiro instante e sem gastar energia; o reMarkable quer reinventar o papel digital; o Malware Gooligan já infectou mais de 1 milhão de Androids; o mais recente vídeo dos OK Go foi filmado em 4.2 segundos; e George Hotz disponibiliza o seu kit de condução autónoma gratuitamente como open-source.

Antes de passarmos às notícias, relembro que já vamos na segunda prenda diária do nosso mega passatempo de Natal com 31 dias de prendas, e que já podes espreitar quais serão as prendas para este fim-de-semana.

AirDroid vulnerável a ataques



A popular ferramenta de acesso remoto para Android AirDroid tem uma vulnerabilidade que deixa os utilizadores em risco. Há comunicações que são feitas de modo inseguro, permitindo que um atacante na mesma rede (ou com capacidade de interceptar a comunicação) possa injectar conteúdo malicioso, incluindo a possibilidade de enviar uma actualização alterada da app.

Mesmo já tendo sido alertados há vários meses, o problema permanece até na mais recente versão 4.0.0.1 que chegou recentemente ao mercado.

Actualização: já resolveram o problema.

Facebook aplica inteligência artificial para detectar conteúdos indesejados... até nos live streams



Detectar conteúdo proibido é uma das grandes dificuldades do Facebook, que em muitos casos só é feito com a ajuda dos utilizadores que sinalizam esses conteúdos (mesmo se por vezes não se concorde com as regras de censura do Facebook, onde até uma foto de uma mãe a amamentar um filho ou um mamilo feminino parece ser tabu). Mas agora o Facebook começa a usar a inteligência artificial para detectar conteúdos indesejados automaticamente antes que cheguem sequer aos utilizadores.

Este sistema pode até detectar esses conteúdos em streams de vídeo em directo, o que por um lado é notável tecnicamente... mas por outro lado também faz temer o que pode acontecer num futuro onde estas plataformas comecem a considerar cada vez manos aceitável qualquer voz ou opinião discordante.


Hackers conseguem crackar cartões VISA em poucos segundos



Tentar adivinhar números e códigos de um cartão VISA pode parecer complicado, mas um grupo de hackers demonstrou que pode ser feito em poucos segundos tirado partido de múltiplos sites. Em vez de tentar as milhares de combinações num só site - que permitiria facilmente identificar a tentativa - a táctica consiste em fazer poucas tentativas em centenas de sites diferentes, combinando depois os resultados que forem sendo obtidos. Com ferramentas automatizadas isto é algo que pode ser feito em poucos segundos.

No entanto a VISA refere que o facto de um hacker obter a informação sobre o cartão não é problemático, pois existe todo um conjunto de outros sistemas de detecção de movimentos fraudulentos que seria capaz de identificar as transacções anómalas.


SwiftKey com temas gratuitos



O SwiftKey está redimir-se (parcialmente) da falta de opções gratuitas para personalização do teclado, com a disponibilização gratuita de todos os temas para o teclado. É certo que a maioria dos utilizadores achará que a maior parte deles são completamente inutilizáveis (mas viva a variedade de escolha) - mas continua a deixar-nos com a vontade de que a escolha das cores do teclado ficassem inteiramente a nosso cargo; ou até que nos dessem uma ferramenta para criarmos os nossos temas personalizados.

Os temas estão acessíveis a partir do SwiftKey Hub, que no Android pode ser acedido a partir da barra de sugestões; e no iOS obriga abrir o SwiftKey e ir a Design->All.


Curtas do dia


Resumo da madrugada



4 comentários:

[pub]