2019/09/10

Notícias do dia

Em dia dominado pela apresentação do iPhone 11 (às 18h) que deverá estrear co-processador R1; a VW apresentou o ID.3 em versão final; a Amazon fez chegar o Amazon Prime ao Brasil; já se pode carregar o Tesla Model 3 a mais de 1000km/h em Portugal; descobrimos que os Android são vulneráveis a alterações de configuração de rede via SMS (nalguns casos, sem qualquer tipo de autenticação); o Xiaomi mi Charge Turbo carrega sem fios a 30W; e ainda a revelação que a Apple fazia batota na App Store para promover as suas próprias apps.

Antes de passarmos às notícias do dia temos um novo passatempo gadget da semana, que te pode valer um módulo de tomada inteligente WiFi, e ainda está a decorrer o passatempo FCA, com exemplares do livro "Scrum - A Gestão Ágil de Projetos".

iPhone 11 sem carregamento wireless bi-direccional



A poucas horas da apresentação oficial dos iPhone 11, temos um ajuste das previsões do habitualmente acertado Ming-Chi Kuo, que refere que os iPhones deste ano não deverão contar com carregamento wireless bi-direccional (que seria desejado para poderem recarregar os AirPods com a caixa wireless), nem tão pouco contarão com suporte para o Apple Pencil, que deverá continuar a ser um exclusivo dos iPad Pro.

Nos carregadores e cabos, também só os iPhones 11 Pro deverão contar com carregadores de maior potência (18W) equipados com ficha USB-C, sendo que o iPhone 11 "normal" continuará a ser acompanhado por um de 5W com ficha USB-A.


Ford diz que veículos "electrificados" serão a maioria em 2022



A Ford prevê que em 2022 se dê a inversão do mercado, passando a vender mais carros electrificados do que carros com motorização convencional. Uma noticia positiva, mas sendo preciso ter em conta que os "electrificados" não se referem apenas a carros 100% eléctricos, mas também englobam os híbridos, que representarão a maior parte destes veículos a que a Ford se refere,.

Pode ser que com o lançamento do ID.3 da VW, também a Ford se apresse a acelerar o passo para a transição para os veículos 100% eléctricos.


Microsoft To Do vai substituir Wunderlist


Para desagrado dos fãs do Wunderlist, a MS prepara-se para descontinuar a app (o antigo criador da app está a pedir à MS que a venda de volta, para a poder manter em funcionamento) e recomendando a transição para a nova app To Do.




Google Play Pass prestes a chegar



A Google indicou que o seu serviço de subscrição de apps e jogos - Google Play Pass - está quase a ser lançado, sem no entanto indicar uma data concreta. O serviço junta-se ao crescente número de programas de "acesso" a apps e jogos, como os que existem nas consolas Xbox e PlayStation, e em várias plataformas de jogos para PC; e seguramente irá posicionar-se como concorrente Android do serviço Apple Arcade para iOS que deverá ser revelado hoje a par dos novos iPhones.

Será mais um serviço a testar a paciência (e carteira) dos consumidores, que me parece que estarão a chegar aos seus limites, depois das mensalidades do acesso à net (em casa e nos telemóveis), streaming de música, streaming de filmes, subscrição de jogos nas consolas, etc. Como sempre, caberá a cada um decidir se o preço justifica aquilo que se receberá.


Curtas do dia


Resumo da madrugada

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]