2019/10/16

Notícias do dia

Windows 7 Pro começa a apresentar popups de actualização para o Windows 10; Pixel 4 vai custar de €749 a €999 na Europa (e continua sem chegar a Portugal); Tesla regressa ao Nürburgring com novos Model S; Oppo aproxima-se do smartphone verdadeiramente "full-screen"; bug no Google Assistant pode deixar smartphone sempre à escuta; e Internet Archive ganha mais 2500 jogos MS-DOS acessíveis via browser.

Antes de passarmos às notícias de hoje, temos novo passatempo gadget da semana, que volta a dar-vos a oportunidade de ganharem um smartwatch Bilikay SN58.

Huawei aumenta vendas apesar do corte dos EUA



Apesar da situação complicada com os EUA, os efeitos ainda não se fizeram ressentir nas contas da Huawei, que anunciou ter tido um aumento das receitas de 24.4% no terceiro trimestre face ao mesmo período no ano passado, e que também despachou 185 milhões de smartphones nos primeiros 9 meses do ano, um aumento de 26% face a 2018.

Por outro lado, a verdade é que por agora, para os consumidores, ainda nada mudou. O único smartphone que perdeu o acesso às apps da Google é o Mate 30, que ainda nem sequer está a ser comercializado no ocidente (e a marca continua a lançar modelos com apps da Google, como o Nova 5T). Será preciso esperar mais alguns meses, para que se veja como o Mate 30 se irá comportar na Europa a nível de vendas sem as apps da Google.


Uber chega a Aveiro, Espinho, Estarreja, Feira e Ovar



A Uber continua o seu plano de expansão em Portugal, e passa a estar disponível a partir de hoje em Aveiro. Não menos importante é que este alargamento a Aveiro inclui a cobertura de toda a área de ligação a Gaia e Porto, incluindo Espinho, Santa Maria da Feira, Estarreja e Ovar.

Embora em zonas como Espinho já fosse possível apanhar um Uber ocasionalmente, a partir de agora isso passa a ser feito de forma oficial.


Twitter tenta clarificar regras para tweets de líderes mundiais



O Twitter tem sido acusado de ter "dois pesos e duas medidas", permitindo que tweets que violam as suas regras permaneçam na sua rede quando são escritos por pessoas como Donald Trump, com a justificação de que são "notícias de interesse" (embora depois não façam o mesmo com tweets de dirigentes de outros países). Para tentar clarificar, o Twitter diz que irá começar a restringir a interacção com este tipo de tweets, que ficarão escondidos atrás de um aviso de conteúdo impróprio, e não sendo possível fazer like, responder ou fazer retweet (mas permitindo fazer a "citação do tweet / quote tweet").

Ainda assim, o Twitter diz que mesmo permitindo estas regras "mais alargadas" para os dirigentes mundiais, continuarão a haver regras que poderão resultar na eliminação dos tweets ou suspensão de contas, caso se tratem de tweets que promovam terrorismo, incitem à violência contra indivíduos, revelem informação privada sem autorização, ou estejam relacionados com exploração sexual de crianças.


Tesla mostra vídeo dos seus crash tests


Os automóveis da Tesla têm obtido excelentes resultados a nível dos testes de segurança, e para que isso fosse possível foi necessário atirar vários contra a parede, literalmente. As simulações digitais são uma preciosa ajuda para desenvolver o carro, mas há coisas que apenas um teste real pode revelar. O seguinte vídeo mostra um pouco do processo, assim como o airbag mais envolvente usado para o lado do passageiro nos Model 3.




Curtas do dia


Resumo da madrugada

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]