2019/10/25

Notícias do dia

Vimos uma forma fácil de extrair imagens de documentos Office via ZIP; iFixit abre Pixel 4 e revela chip radar Soli de tamanho reduzido; Netflix testa velocidade variável na app Android; temos o Lenovo Smart Display a €209; espreitamos que tal se comporta o gira-discos Bluetooth Sony PS-LX310BT; e a Google penaliza teclado Fleksy na Play Store por emoji de dedo que também aparece no seu próprio Gboard.

Antes de passarmos às notícias de hoje, temos novo passatempo gadget da semana que está a dar um transmissor FM / carregador USB para o carro; e estamos também a celebrar os 12 anos de AadM com uma prenda muito especial. Adicionalmente, o nosso meeting mensal - edição especial de 12º aniversário - é já este sábado.

Decreto-Lei do autoconsumo já foi aprovado




Já está publicado o Decreto-Lei n.º 162/2019 que regulamenta o autoconsumo de energia renovável. Com isto, o processo de instalar painéis solares ate 350W dispensa qualquer controlo prévio, e até 30kW bastará uma simples comunicação prévia.

Talvez ainda mais importante, abrem-se as portas a instalações partilhadas, facilitando a instalação de painéis solares para condomínios, grupos de casas, etc. Falta apenas esclarecer se realmente os operadores de energia ficam "obrigados" a comprar a energia excedente a preços de mercado (o meu "legalês" não conseguiu decifrar isso) - o que seria uma excelente opção que poderia evitar o investimento em baterias.


EUA querem mensagens de emergência no Netflix e serviços de streaming



Nos EUA estão a discutir a necessidade de modernizar o sistema de alertas de emergência, de modo a que se evitem alertas falsos (como um que, no ano passado, informou os cidadãos de um ataque de míssil) e também se garanta que cheguem ao maior número possível de pessoas.

Para isso, também os serviços de streaming, como Netflix, Spotify, YouTube e outros, poderão ser obrigados a apresentar estes avisos. Havendo também a possibilidade de se definir se são alertas que deverão ser repetidos ou apresentados uma única vez.

Por cá, a recente falha da NOS veio demonstrar o grande risco de se utilizar SMS para os alertas à população - sendo que se se tivesse optado pelo Cell Broadcast, mesmo smartphones sem rede poderiam continuar a receber os alertas, mesmo que fossem emitidos por qualquer outro operador.


Facebook tenta cativar editores com nova secção de notícias



Depois do falhanço dos Instant Articles e da tentativa de convencer os jornais a transitarem para notícias vídeo, o Facebook avança com nova secção dedicada a notícias com a qual espera novamente apresentar-se como um aliado e amigo dos mesmos.

Uma secção que não consegue esconder que o objectivo será o mesmo de sempre, de fazer com que as pessoas tenham menos motivos para sair do Facebook, e dando-lhe maior controlo sobre que notícias mostrar, a quem e quando. Um poder que, como tem sido demonstrado, deveria estar nas mãos dos utilizadores e não ao critério do Facebook. Mas, foi nesse "buraco" que se meteu quando começou a interferir com as coisas que os utilizadores viam, e agora, vai ser complicado sair dele.


Atalho .new ganha eventos no Google Calendar




A Google continua a fazer crescer a utilidade do atalho .new, e depois de há poucos dias ter adicionado o Keep à lista de serviços que podem ser acelerados por esta via, chega também agora o atalho cal.new para ser direccionado rapidamente para a criação de um novo evento no Google Calendar.

Basta escrever cal.new na barra de endereços do browser para se ter acesso imediato à página de criação de um evento.


Curtas do dia


Resumo da madrugada

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]