2021/01/15

Notícias do dia

Vacinas para Covid-19 acompanhadas por ataques de phishing e malware; Samsung reduz preço do carregador ausente nos Galaxy S21; Windows 10X vai ser a alternativa da MS ao Chrome OS da Google; Apple remove sistema polémico que contornava VPNs e firewalls no macOS; Samsung promete ecrã OLED com câmara invisível num portátil; e NHTSA pede à Tesla para recolher voluntariamente os Model S e X com problemas de memória flash gasta.

Antes de passarmos às notícias do dia, já regressamos à rotina habitual dos nossos passatempos semanais, e desta vez estamos a oferecer um kit Arduino com dezenas de acessórios.

Apple prepara MacBooks Pro "quadrados" com MagSafe e sem Touch Bar

O popular analsita da Apple Ming-Chi Kuo diz que a empresa está a preparar dois novos MacBooks Pro de 14" e 16", mas que irão adoptar um novo design mais rectangular (ao estilo dos iPhone 12 versus os 11) e que acabam por recuar nas alterações feitas nos últimos anos: com o regresso da ficha MagSafe que tão apreciada era pelos utilizadores, e abandono do Touch Bar.

Estes novos modelos terão também maior variedade de fichas disponíveis, dispensando a necessidade de recorrer a dongles ou hubs para se poder tirar partido dos diferentes acessórios e, como seria esperado, darão uso a chips da Apple, sem qualquer opção para utilização de CPUs Intel.


DisplayPort 2.0 atrasado por causa da pandemia

Embora tenha sido anunciado há dois anos, o DisplayPort 2.0 continua a ser uma raridade, e agora a Associação VESA vem dizer que os monitores e placas com suporte DP 2.0, incialmente prometido para o final de 2020, só deverão chegar para o final de 2021 por causa de atrasos atribuídos à pandemia Covid-19.

O DisplayPort 2.0 vai trazer o suporte para novas resoluções, incluindo monitores 10K a 60Hz sem compressão e 16K a 60Hz HDR com compressão; supoorte para dois monitores 4K a 144Hz sem compressão ou dois monitores 8K a 120Hz HDR com compressão; e para três monitores 4K a 90Hz com HDR sem compressão, ou três monitores 10K a 60Hz HDR com compressão. Veremos de que forma isto poderá ajudar a tornar mais comum o recurso a monitores 8K nos PCs.


Administração Trump adiciona Xiaomi à lista negra

Apesar de faltar menos de uma semana para que os EUA tenham um novo presidente, o actual presidente Trump continua a penalizar as empresas chinesas, desta vez juntando a Xiaomi à lista negra, mas desta vez alegando que se trata de uma empresa com ligação as forças militares chinesas - sendo uma lista negra diferente da lista negra comercial, onde se encontram empresas como a Huawei e DJI.

A Xiaomi já veio referir que não pertence, nem é controlada, nem tem qualquer relação especial com as forças militares chinesas, e que irá combater esta medida injusta de todas as formas possíveis. Seja como for, por agora isto significa que os norte-americanos ficam impedidos de ter qualquer relacionamento com a empresa, afectando também os potenciais investimentos que pudessem ter em acções da Xiaomi.


HTC revela Desire 21 Pro com 5G

Até dá pena pensar na posição dominante que a HTC teve em tempos, e em como perdeu o rumo e se tornou mais mais uma das marcas que passam quase despercebidas. Ainda assim, a marca continua a existir e a lançar novos modelos. O último dos quais marca a estreia do 5G na gama Desire, com o HTC Desire 21 Pro 5G.

Trata-se de um smartphone com ecrã de 6.7" a 90Hz, Snapdragon 690 5G, 8GB + 128GB, câmaras de 48MP + 8MP + 2MP + 2MP, frontal de 16MP, com bateria de 5000mAh, e que incompreensivelmente irá ser lançado ainda com Android 10, o que nada contribui para o tornar mais atractivo. Em Taiwan terá um preço de 355 euros - mas parece-me que nem mesmo assim será suficiente para fazer com que a HTC volte à ribalta dos grandes fabricantes de smartphones.


Curtas do dia


Resumo da madrugada


Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]