2021/02/01

WhatsApp recorre às "stories" para assegurar utilizadores que se preocupa com a sua privacidade

O WhatsApp continua a fazer os possíveis para evitar que mais utilizadores fujam para outras apps de mensagens, agora recorrendo às suas Stories (Status) para maior visibilidade.

O anúncio da partilha de dados do WhatsApp com o Facebook, mal compreendida ou não, deu origem a uma onda de descontentamento que fez com que milhões de utilizadores se mudassem para serviços como o Signal, Telegram e outros.

A confirmação de que isso estava a acontecer em escala que preocupava o Facebook surgiu com o anúncio de que a medida iria ser adiada por três meses, sendo acompanhada por uma campanha de "esclarecimento" sobre o que esta partilha de dados efectivamente partilha. Coisa que agora estará a ser efectuada por via das Stories da moda.

Tal como seria de esperar, a mensagem continua a ser a mesma que já tinha sido dada anteriormente, com a táctica a ser centrarem-se naquilo que não é partilhado em vez das coisas são. Com tanta insistência de que não partilham nada de importante, até poderá surgir a questão: então, porque motivo não deixam ficar as coisas tal como estão? - Como aliás deverá ser o caso para os utilizadores Europeus, por conta do RGPD.

Veremos se esta campanha via Stories terá efeito, mas por esta altura vejo cada vez mais pessoas que se sentem bem servidas pelos serviços alternativos que vão experimentando, e que não parecem ter muita vontade de voltar ao WhatsApp.

1 comentário:

  1. Ainda estou pasmado com a quantidade de pessoas que saiu do WhatsApp (que tem chat encriptados por default) para o telegram (que não o tem, e que por isso torna usar essa app num hot-spot público uma verdadeira aventura), porque o WhatsApp lembrou-se de informar (de uma maneira muito triste diga-se) que as empresas que comuniquem com clientes pelos contactos "business" do WhatsApp, podem partilhar info dessas conversas com o Facebook (o horror!).

    ResponderEliminar

[pub]