2022/04/07

Notícias do dia

Tarifa Social de Internet só teve 262 pedidos; Google Maps actualizado via A.I.; Nvidia GeForce Now facilita acesso a jogos; A.I. DALL-E 2 cria imagens realistas a partir de uma descrição; e Google aposta na pesquisa visual do Google Lens para as compras.

Antes de passarmos às notícias, já temos novo passatempo semanal, que desta vez te pode valer uma coluna Anker Soundcore Mini.

Chrome com novo guia de privacidade

Nem sempre é fácil saber o que os programas que usavam fazem com a nossa informação nos bastidores, especialmente quando as opções de privacidade e partilha de dados se distribuem por uma infinidade de menus, submenus, e diferentes secções. Algo que a Google quer facilitar com um novo guia no Chrome.

O Chrome vai passar a contar com um guia de privacidade que apresentará aos utilizadores as opções relavantes, passo a passo, para que possam ficar conscientes do que está a ser feito e alterem o que desejarem alterar. As secções incluem coisas como cookies, history sync, Safe Browsing, e outras - mas, ainda assim, poderão continuar a existir outras opções que não serão abrangidas por este guia. Pelo que, para quem se preocupar com estas questões, continua a ser recomendado perder um pouco de tempo a navegar pelas definições do browser e verem o que por lá encontram.


Apple prepara transição para OLED nos iPads e MacBooks

Tendo já feito a transição para os ecrãs OLED nos iPhones, a Apple prepara agora o mesmo para as gamas iPad e MacBook.

Produtores de ecrãs como a BOE estão a reforçar a capacidade de produção de ecrãs OLED de alto-brilho e longevidade prolongada, para poderem dar resposta às futuras encomendas da Apple. A marca da maçã deverá começar por apresentar um iPad Pro com ecrã OLED, e de seguida começar a ampliar a sua aplicação à gama MacBook. Resta apenas saber se, com esta transição, a Apple irá abandonar completamente os ecrãs mini-LED, ou se continuará a mantê-los para alguns segmentos.


Oppo prepara chip próprio para os seus smartphones

Seguindo o exemplo da Apple e outros fabricantes, também a Oppo deverá optar por usar um chip próprio para os seus próximos smartphones.

Uma evolução lógica, considerando que a marca já optou por usar um chip seu, o MariSilicon X para processamento das fotos, no Find X5. Uma aposta num chip próprio permitiria integrar CPU, GPU, e estes processadores adicionais, num só chip, com melhoria da eficiência. Mas, como a Samsung também tem descoberto com os seus Exynos, nem sempre as coisas são tão fáceis como parecem, e não deixará de ser complicado criar chips próprios que consigam bater os de empresas como a Qualcomm e MediaTek.


Apple encomenda estudo "anti-monopólio" na App Store

Preparando-se para os casos que terá que enfrentar, a Apple encomendou um estudo que refere que a Apple não tem monopólio de apps na App Store, havendo muitos mais apps populares de outras empresas até nas categorias em que a Apple também está presente.

São apresentados exemplos como as apps do Spotify e Netflix serem muito mais usadas que as do Apple Music e Apple TV+, ou do Google Maps ser mais popular que o Apple Maps. Sendo que o caso apresentado em que uma app da Apple se aproxima mais da maioria, é nas apps de mensagens, com o seu iMessage a representar 41% nos EUA - mas caindo para 27% em França.


Curtas do dia


Resumo da madrugada



Curiosidade do dia: O AltaVista era um dos motores de pesquisa na web mais populares na era pré-Google. Foi criado em 1995 e comprado pela Yahoo! em 2003. Foi encerrado em 2013 e passou a redireccionar os visitantes para a pesquisa do Yahoo!

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]