2022/10/18

Notícias do dia

Apple lança iPad Pro com chip M2 e iPad full-screen com USB-C; YouTube abandona o teste que limitava qualidade 4K só para subscritores Premium; Lenovo mostra smartphone de esticar; e ainda o curioso caso da pesquisa de emojis que fazia crashar a pesquisa da Google.

Antes de passarmos às notícias, não deixes de participar no nosso habitual passatempo semanal, que desta vez te pode valer uma coluna BT Tronsmart Groove Force Mini.

Netflix prepara jogos via cloud

A Netflix tem estado a entrar timidamente na área dos videojogos, com oferta de algumas dezenas de jogos em conjunto com o seu serviço, mas as suas ambições a longo prazo são mais vastas e poderão passar pela oferta de um serviço de streaming de jogos via cloud.

Há vários serviços deste tipo que têm tido sucesso, como o Xbox Cloud Gaming (xCloud) e o GeForce Now da Nvidia; mas outros não têm tido sorte. O Stadia da Google, que a Google assegurava que ia ser um serviço "para durar", foi encerrado recentemente. Talvez a Netflix consiga fazer negócio com a Google e tirar partido da plataforma, que tecnicamente era excelente, mas cuja forma de funcionamento (de ter que comprar jogos especificamente para jogar via Stadia, mesmo que já se tivesse comprado o jogo para PC ou consola) poderá ter ditado o seu insucesso.


Netflix não desiste do "binge watching"

Apesar de também já ter algumas séries que vão tendo lançamento semanal da forma tradicional, a Netflix veio assegurar que não irá abandonar o seu formato de lançamento de séries completas logo no primeiro dia, um formato que potencia o chamado "binge watching" - ou seja, poder ver uma série completa seguida.

Aliás, a Netflix diz estar consciente que isso tem sido um factor fundamental para o sucesso de algumas séries, como o Squid Games, que se tivessem seguido a fórmula de lançamento semanal poderiam não ter conseguido atingir o estatuto de série "viral".

Pessoalmente sou apologista deste formato, já que com os lançamentos semanais, por vezes até acabam por haver séries que ficam esquecidas no meio de todas as outras coisas que se vão vendo e ficando a meio; e que só nos relembramos quando, por algum motivo, voltam a ficar na parte visível da secção "continuar a ver". (E nem vamos falar das séries que têm umas temporadas disponíveis num serviço de streaming, mas outras temporadas estão noutro serviço.)


Netflix combate partilha de contas em 2023

Em dia dedicado às notícias Netflix, eis que acabamos com a "pior notícia". A Netflix anunciou que irá expandir o seu combate à partilha de contas à escala global em 2023.

Era algo que já se fazia prever com a chegada do sistema de transferência de perfis, e que a Netflix já tem testado nalguns países - aparentemente com bons resultados - onde sugere o pagamento de uma taxa extra para a utilização do serviço por pessoas que não moram na mesma residência que o detentor da conta. Veremos até que ponto, quando isto foi ampliado para o resto do mundo, não irá resultar na penalização de clientes legítimos que possam ter casos de uso peculiares.


Curtas do dia


Resumo da madrugada



Curiosidade do dia: O primeiro computador electrónico para computação geral foi o ENIAC, criado em 1945. Pesava 27 toneladas e ocupava uma área de mais de 160 m2, conseguindo fazer mais de 300 multiplicações de números com 10 dígitos por segundo. Hoje em dia, até o mais básico CPU, que pode caber num relógio, pode fazer milhões de cálculos por segundo.

1 comentário:

  1. "Lightroom ganha funcionalidades AI para acelerar as edições de vídeos"
    Não seria imagens? :)

    ResponderEliminar

[pub]