2018/04/20

Notícias do dia

Google desiste do Allo e investe no RCS; Apple recusa reparar iMac Pro; problemas com reconhecimento facial 3D atrasam lançamento do Xiaomi Mi 7; Xiaomi revela selfies captadas com o Mi 6X / Mi A2; e a Opera encerra serviço de VPN gratuito.

Antes de passarmos às notícias de hoje, já estamos a oferecer o livro FCA escolhido para esta semana, dedicado a um tema bem apropriado para o momento: o livro "Novo Regulamento Geral de Proteção de Dados" da FCA.

RGPD vai ilegalizar "termos de serviço" incompreensíveis



O novo regulamento de protecção de dados europeu poderá não ser perfeito, mas vem com as algumas coisas bastante interessantes, sendo que entre elas se encontra um potencial fim para os infindáveis e incompreensíveis "termos de utilização de um serviço" - aquilo que habitualmente ninguém lê e se limita a aceitar dizendo que sim.

Com o RGPD, se ficar demonstrado que um utilizador do serviço não tem capacidade para decifrar a linguagem utilizada, a aceitação dessas condições poderá ser considerada inválida e até mesmo ilegal. Espera-se que o efeito prático desta medida seja a redução dos exageros absurdos a que se chegou (alguns serviços apresentam condições que se prolongam por mais de 20 páginas), apresentando ao utilizador apenas os pontos críticos e essenciais em linguagem fácil de compreender.


Autofill do LinkedIn cede dados dos utilizadores a sites maliciosos




O plugin do LinkedIn que pretende facilitar a vida dos utilizadores ao fazer o login automático nos sites que aceitam esse sistema tem demasiada boa vontade e preenche os dados dos utilizadores até em sites que usem scripts maliciosos para recolher a informação dos visitantes. Esses sites podem criar um formulário falso (e invisível) de login, que o plugin tentará preencher assim que o utilizador fizer um clique em qualquer lado... e que permitirá recolher coisas como nome, email, país, empresa e demais dados sobre o utilizador.

... É por estas e por outras que se deve pensar muito bem sobre a "comodidade" de fazer logins com ferramentas automáticas...


Daisy é o robot da Apple que consegue reciclar 200 iPhones por hora



Hoje em dia as empresas não se podem preocupar apenas com a produção de dezenas de milhões de produtos - há também que pensar no que irão ser feitos a esses produtos depois de terem terminado a sua vida útil. No caso da Apple, a empresa apresentou o seu novo robot  Daisy que é capaz de desmontar diversos modelos de iPhones e fazer a separação e recuperação das peças possíveis para efeitos de reciclagem.

Fica apenas a dúvida sobre que percentagem de iPhones no mercado é que efectivamente voltará a chegar à Apple para eventualmente serem desmantelados (pois imagino que a maioria deles se vá mantendo na mão dos utilizadores até ficarem verdadeiramente inutilizados - e nessa altura não me parece que sejam entregues numa loja oficial para serem "abatidos".


ZTE considera decisão dos EUA injusta e desproporcionada



Os EUA puseram a ZTE na lista negra por ter exportado material para o Irão e Coreia do Norte, proibindo que qualquer empresa norte-americana lhes forneça hardware, software ou serviços durante os próximos sete anos. Isso deixa a empresa em sérias dificuldades, pois cerca de 30% dos seus fornecedores são norte-americanos e será praticamente impossível conseguir manter-se em funcionamento sem eles.

Sendo a ZTE uma das empresas "gigantes" na China, decisão poderá ter consequências bastante complicadas, podendo dar origem a retaliações por parte do governo chinês que visem empresas norte-americanas (isto num clima já bastante tenso em que os EUA e China vão ameaçando taxas adicionais sobre importações)...

Por agora as relações entre a China e Europa ainda se vão mantendo (e esta instabilidade com os EUA poderá até servir para reforçar o comércio com a Europa)... mas é sempre algo que também poderá mudar de um momento para o outro. (Parece que será melhor começar a fazer stock de gadgets chineses, para precaver contra qualquer "imprevisto"!)


Curtas do dia


Resumo da madrugada

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]