2019/05/15

Notícias do dia

A OnePlus já apresentou o OnePlus 7 Pro com ecrã de 90Hz e câmara tripla; nova falha crítica no Windows leva a MS a lançar actualizações para o Windows XP; a app da Uber ganha uma opção para "calar" motoristas (mas só nos EUA); Google Play Store vai permitir pagamentos em dinheiro feitos em lojas físicas; SIBS Analytics disponibiliza estatísticas sobre o consumo em Portugal; e a Adobe avisa clientes que usar versões antigas dos seus programas é ilegal.

Antes de passarmos às notícias de hoje, já temos novo gadget da semana para oferecer: um carregador wireless motorizado da Xioami.

OnePlus 7 Pro com melhor ecrã e câmara de referência



O OnePlus 7 Pro continua a dar que falar e, apesar do seu preço elevado, mostra estar bem posicionado a nível do que de melhor há no mercado. O seu ecrã de 90Hz não só é rápido como fica incluído no lote de melhores ecrãs de sempre pela DisplayMate - um lote restrito onde se encontam o Galaxy S10, iPhone XS Max, e Google Pixel 3 XL - e também no topo da tabela do DxOMark a nível das câmaras, com 111 pontos (apenas atrás do P30 Pro e Galaxy S10 5G com 112 pontos).

Considerando que todos esses modelos são substancialmente mais caros que o OnePlus 7 Pro - que tem preço a começar nos 699 euros - o negócio começa a não parecer assim tão mau.


Bitcoin sobe acima dos $8000 e faz ressurgir "euforia"

Depois de muitos meses em níveis reduzidos, os Bitcoin voltam a ser notícia graças a uma nova subida que já superou os 8000 dólares, resultando num aumento de 60% face ao mês anterior. Uma valorização que alguns apontam ter como motivo a crescente "raridade" dos Bitcoin (no próximo ano as recompensas pela mineração de Bitcoin cairão novamente para metade), assim como o crescente número de serviços que vai aceitando criptomoedas como forma pagamento.

Ainda estamos longe dos máximos históricos atingidos no final de 2017, altura em que os Bitcoin chegaram a valer quase 20 mil dólares... Mas, quem sabe se esta nova subida irá superar esse valor?


Xiaomi assume novo papel de "flagship killer"



Com um preço a começar nos €699 para o seu novo OnePlus 7 Pro, a OnePlus está mais distante que nunca dos seus tempos de "flagship killer". Uma oportunidade que a Xiaomi quer aproveitar, prometendo a chegada para breve do seu Redmi K20, que terá um Snapdragon 855 e câmara de 48MP e, previsivelmente, um preço bastante mais atractivo - que faz com que anuncie que, este sim, será o verdadeiro flagship killer do momento.

... E é preciso não esquecer que daqui por mais três ou quatro meses, deveremos também ter direito ao sucessor do Pocophone F1... para o qual se esperam muitas coisas boas, se mantiver a tradição do modelo de estreia.


Exclusividade do streaming vai promover pirataria?



Todos os grandes grupos estão a criar os seus próprios serviços de streaming e a tornar as suas produções exclusivas, e não parece ser certo que isso vá resultar para todos. Daqui por uns anos / meses, vai ser preciso ter uma assinatura Netflix para ver as produções Netflix, uma assinatura HBO para ver as da HBO, uma assinatura Disney para ver as da Disney, etc. etc. etc.

Teremos até situações onde uma série poderá ter os episódios antigos numa plataforma, mas os novos noutra plataforma; e isto para não falar das situações em que os conteúdos que estavam numa plataforma poderão simplesmente expirar e passar para outra. A grande pergunta: acham mesmo que os consumidores irão pagar por uma dezenas de serviços de streaming, ou ficarão mais tentados a procurar os streamings "alternativos" gratuitos?


Curtas do dia


Resumo da madrugada

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]