2019/12/03

Notícias do dia

Falha em monitor de diabetes deixa pessoas em risco; Huawei Mate 30 dispensa componentes dos EUA; Netflix vai facilitar remoções do "continue watching"; Android 10 com navegação por gestos noutros launchers (nos Pixel); como assistir aos vídeos restritos do Youtube usando uma VPN; e China obriga a reconhecimento facial na compra de cartões SIM.

Antes de passarmos às notícias de hoje, não te esqueças de participar no nosso mega-passatempo de Natal 2019 com 31 dias de prendas.

Superchargers lotados com o "Thanksgiving" nos EUA



A habitual migração anual dos norte-americanos no seu feriado tradicional de Thanksgiving (Acção de Graças) causou algumas dores de cabeça nos Superchargers Tesla mais estratégicos. Mesmo alguns dos que tinham 40 postos de carregamento não conseguiram evitar a acumulação de dezenas de Teslas à espera para carregar.



Uma situação sazonal, mas onde a autonomia de 800km do Cybertruck tri-motor seria certamente bem vinda. E não esquecer que, ao contrário do que aconteceu por cá quando houve a restrição dos abastecimentos de combustível... nos eléctricos podemos carregá-los em casa ou em qualquer tomada eléctrica. ;P


Facebook criou um chatbot para treinar funcionários na reposta a perguntas difíceis



Enfrentar os familiares neste período natalício parece ser uma preocupação para o Facebook, que se deu ao trabalho de criar um chatbot para treinar os funcionários como deverão responder a perguntas que abordem tópicos mais sensíveis sobre o Facebook.

Por exemplo, questões sobre como o Facebook está a destruir a democracia ou a promover as fake news darão uma série de pontos a contrapor, indicando que o FB está a implementar ferramentas para combater as notícias falsas e a usar A.I. para a sua detecção; etc. De qualquer forma, quando se chega ao ponto de ter que treinar os funcionários sobre como lidar com a "má imagem" da empresa... acho que já é indicador do ponto a que as coisas chegaram.


Amazon lança serviço de transcrição médico


Os sistemas de reconhecimento de voz têm evoluído imenso nos últimos anos, e agora a Amazon até disponibiliza um serviço de transcrição exclusivamente afinado para aplicações médicas, sendo capaz de introduzir automaticamente a pontuação correcta e tudo, sem necessidade dos habituais comandos manuais de "vírgula", "ponto final", etc.




YouTube afrouxa restrições a violência nos jogos



O YouTube vai ajustar a forma como classifica a violência nos jogos. Até ao momento os videos de jogos estavam a ser penalizados, quase como se tratassem de vídeos de guerra reais. Agora, esses conteúdos ficarão mais em linha com as regras que são aplicadas às séries e filmes.

No entanto, no caso de jogos excessivamente violentos, ou vídeos que se foquem apenas nas partes violentas, continuarão a ser aplicadas as restrições habituais, limitando a visualização a certas faixas etárias. A medida beneficiará principalmente os YouTubers que publiquem vídeos de jogos, onde ocasionalmente aconteçam cenas violentas, permitindo que cheguem a uma maior audiência (a mesma audiência que, à partida, já teria acesso a esse tipo de jogos).


Curtas do dia


Resumo da madrugada

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]