2020/05/12

Notícias do dia

Xiaomi já revelou o Poco F2 Pro; Facebook encerra on Instagram Lite; acelera o Android com atalhos para os atalhos; Redmi K30 5G Racing Edition estreia Snapdragon 768G; a Sonos apresentou novas colunas Arc, Five, e subwoofer; nas promoções temos um suporte rotativo motorizado com tracking para smartphones a €20; e ainda como o novo Facebook Oversight Board é só "para inglês ver".

Antes de passarmos às notícias de hoje, participa no passatempo gadget da semana que desta vez te pode valer um prático adaptador universal de tomada com carregador USB integrado.

Elon Musk desafia confinamento e reactiva fábrica da Tesla na Califórnia



Elon Musk tem tido uma posição bastante peculiar quanto à forma como lidar com o Covid-19, considerando que não há motivos para manter os encerramentos que têm sido impostos nos EUA (tal como aconteceu por cá e muitos outros países do mundo), e agora chegando ao ponto de desafiar as regras e retomar a produção da fábrica da Tesla na Califórnia. E com isto lança também o desafio para que, se as autoridades quiserem prender alguém, que o prendam a ele e não os funcionários.



A isto somaram-se também algumas ameaças, de que a Tesla deslocaria a sua produção da Califórnia para o Texas ou Nevada; o que seguramente terá contribuído para que o condado onde a fábrica se encontra se apressasse a dizer que estaria a "procurar uma solução" e de que seria possível abrir uma excepção para permitir o início da produção na fábrica da Tesla, desde que apresentem um plano de segurança adequado.

Uma medida que continua a ser polémica e que não agradará aos que dizem que Musk parece querer operar acima da lei, colocando os trabalhadores em risco.


Quibi falha em atingir as proporções "virais" que esperava - atira as culpas para o Covid-19



A nova plataforma de vídeos de curta duração Quibi, criada pelos pesos-pesados de Hollywood Jeffrey Katzenberg e Meg Whitman, e que contava com um investimento de quase dois mil milhões de dólares e produções repletas de vedetas, está longe de atingir os objectivos. Lançada há pouco mais de um mês, a app conta apenas com 1.3 milhões de utilizadores activos, apesar de oferecer 90 dias de serviço gratuito aos novos utilizadores.

Como dissemos na altura, o facto das únicas modalidades disponíveis serem o de pagar $4.99 por mês para ver o serviço com publicidade, ou $7.99 sem publicidade, a par de não contar com contar com app para tablet nem permitir o envio dos conteúdos para a TV via Chromecast ou AirPlay, não ajudarão a conquistar clientela (algo que já foram obrigados a reconsiderar, prometendo a possibilidade de se ver na TV muito em breve). Entretanto, Katzenberg continua a acreditar que assim que as pessoas começarem a sair para a rua no pós-Covid-19, começarão a dar mais valor a este serviço de vídeos pensado para ser visto no smartphone.

... A mim parece-me que mais rapidamente chegarão à conclusão de que a modalidade com publicidade deverá ser disponibilizada de forma gratuita... e mesmo assim... vamos ver se há interessados.


Ransomware Sodinokibi já consegue encriptar ficheiros em uso



O ransomware Sodinokibi tem estado a aprender novos truques, e agora torna-se (infelizmente) ainda mais eficaz, pois passa a ter a capacidade para encriptar até os ficheiros e documentos que estiverem em uso - e que tradicionalmente ficariam a salvo de alterações: como documentos abertos, bases de dados em utilização activa, etc.

Seguindo alguns outros ransomwares, também o Sodinokibi está a tirar partido das capacidades do sistema para forçar o encerramento das ligações dos ficheiros abertos, de forma a poder encriptá-los e torná-los inacessíveis aos seus donos (a não ser que tenham backups ou paguem o resgate pedido). Curiosamente, a mesma capacidade foi também adicionada ao seu descodificador, para que a recuperação dos ficheiros afectados também possa acontecer mesmo nos casos em que esses ficheiros estivessem em uso por qualquer motivo.


Islândia parece demonstrar que contact tracing não funciona



A propósito do crescente interesse pelos sistemas de contact tracing para o Covid-19, da Islândia chega um exemplo que se revela desolador para os proponentes destes sistemas - e encorajador para todos os que se opõem. Mesmo com 40% da população a usar a app de contact tracing recomendada pelo governo, os resultados têm sido "inúteis".

Também ajudará que o país tenha sido rápido a implementar medidas de combate ao Covid-19, fazendo com que tenha sido um dos menos afectados a nível mundial, com apenas 1800 casos confirmados e 10 mortes - e o facto de confiar nos seus cidadãos para que seguissem as recomendações que lhes iam sendo dadas. Com isto, ficam reforçadas as preocupações dos que dizem que as apps de contact tracing são um atentado à privacidade demasiado grande face aos benefícios que potencialmente poderiam trazer...


Curtas do dia


Resumo da madrugada

2 comentários:

  1. "UE junta-se aos EUA e pressiona África do Sul a não adoptar "fair use""

    Carlos, ao ler o texto verifica-se que o autor pretende referir que a UE usa o mesmo tipo de estratagemas contra nações mais fracas para as ameaçar caso avancem com algo que é contrário à vontade política dominante dos 'grandes'.

    Na verdade, os Estados Unidos até permitem o fair use. A" na UE é que parece não pretender deixar a África do Sul passar a permitir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "the copyright industry has persuaded the US government to threaten to kill an important free trade deal with South Africa if the latter dares to follow America's example".

      Eliminar

[pub]