2020/11/03

Notícias do dia

Monzo e Revolut acusados de "roubar" clientes; Baby Shark supera Despacito e passa a vídeo mais visto no YouTube; Apple marca evento para 10 de Novembro para revelar primeiros Macs com CPU ARM; capas transformam iPhone 11 em iPhone 12; e NetMarketShare deixa de mostrar estatísticas dos browsers por causa do Chrome.

Antes de passarmos às notícias de hoje, temos novo passatempo que te pode valer selfie stick BlitzWolf BW-BS10; e sendo início do mês, é a altura certa para aderires ao nosso Clube AadM+ que dá acesso a passatempos exclusivos todos os meses.

App de tracking de Covid-19 britânica não alertou potenciais infectados

A app de contact tracing britância, que também utiliza o sistema disponibilizado pela Goole e Apple, tinha um erro no registo da proximidade, fazendo com que milhares de pessoas que deveriam ter sido notificadas de potencial risco de infecção, não recebessem qualquer alerta.

Este caso vem relembrar como é de importância crítica que tanto o código fonte das apps, como as estatísticas sobre a sua utilização, sejam disponibilizados publicamente. Este caso só foi detectado por se ter considerado estranho que a app com tantos milhões de utilizadores estivesse a gerar tão poucos avisos. Por cá, continuamos a aguardar por dados que permitam ficar com uma ideia do real impacto que a app nacional tem tido.


Walmart desiste dos robots nas lojas

Naquilo que se poderá considerar uma pequena vitória dos humanos contra os robots, a gigante norte-americana Walmart desistiu do seu programa de robots que verificavam as prateleiras para identificar que produtos deveriam ser repostos, verificando preços, e alertando para produtos fora do sítio.

Aparentemente, é trabalho que a Walmart achou que não justificava o investimento robotizado, considerando que o mesmo continuaria a ser feito de forma mais eficiente pelos funcionários humanos, especialmente nesta altura em que tem havido uma maior procura pelas compras online, e onde há um maior número de funcionários cujo trabalho é recolher produtos para preparar as encomendas para levantamento ou para entrega ao domicílio.


Google Keep com novo icon

A Google actualizou o icon do Google Keep, mas felizmente mantendo-o próximo do design anterior em vez do novo estilo que tem aplicado a muitos dos seus serviços e que está a prejudicar a diferenciação entre eles.
No caso do Keep, a alteração não é substancial, com o símbolo da lâmpada a passar para uma versão ainda mais estilizada - mas que já poderá começar a complicar a sua interpretação para quem não conhecer o design anterior.


WhatsApp com novo sistema de gestão de espaço

Os utilizadores intensivos do WhatsApp vão ter a vida facilitada a gerir o espaço ocupado com as imagens e vídeos. O novo sistema, que estará disponível em Settings > Storage and data > Manage storage vai dar mais opções para encontrar os conteúdos que se deseja, com apresentação de thumbnails que permitirão a eliminação dos mesmos sem que se corra o risco de se eliminarem coisas que se desejem manter.

Sabendo-se como facilmente os anexos podem acumular centenas e centenas de megabytes, é algo que seguramente será apreciado pelos utilizadores com smartphones com capacidade de memória mais limitada.


Curtas do dia


Resumo da madrugada


2 comentários:

  1. "Este caso vem relembrar como é de importância crítica que tanto o código fonte das apps, como as estatísticas sobre a sua utilização, sejam disponibilizados publicamente.
    Este caso só foi detectado por se ter considerado estranho que a app com tantos milhões de utilizadores estivesse a gerar tão poucos avisos."
    Se tivessem disponibilizado o erro era dotado mais cedo?
    A ideia de que existe uma "comunidade" de benfeitores que se dedica a examinar código sem ser paga está francamente exagerada. Neste caso talvez existisse.

    Quanto à publicação do nº de downloads, códigos gerados, códigos introduzidos, nº de pessoas que contactam o SNS em consequência dos avisos tem sido periódica. Devia ser mais frequente? Provavelmente.
    P.S: Agora reparo que, em meses, é o primeiro dia que não sei o nº de novos casos e de óbitos. Vou já atualizar.

    ResponderEliminar

[pub]