2020/12/15

Notícias do dia

Apple lança iOS 14.3 com ProRAW e legendas de privacidade na App Store; protótipo Oppo X nendo recorre ecrã tri-partido; fundo de apoio "Edifícios mais Sustentáveis" com pagamento garantido para todas as candidaturas até ao final do ano; nas promoções temos um Projector 4K LG CineBeam HU70LSB a €1399; e como as escolas espiam alunos com equipamento anti-terrorismo nos EUA.

Antes de passarmos às notícias do dia, relembro que já começou o nosso mega-passatempo de Natal, com 31 dias de prendas e que hoje te pode valer um rato Corsair Harpoon RGB Pro.

Apple aumenta produção dos iPhone 12

O regresso ao formato "quadrado" dos iPhone 5 parece ter sido bem recebido pelos fãs, ao ponto da Apple reforçar a produção dos iPhone 12 com um aumento de 30% para o primeiro semestre de 2021.

Pode também dar-se o caso do muito apregoado 5G, repetido à exaustão durante a apresentação dos iPhone 12, esteja a fazer com que muitas pessoas queiram os novos iPhone. Para quem não tiver pressa, aguardar pelo próximo iPhone 13 (se a Apple se arriscar manter a numeração e não temer a superstição), poderá ser a melhor opção, assumindo que virá com um modem 5G mais poupado, que eventualmente já permitirá adoptar ecrãs a 120Hz, que será um benefício que se sentirá de todas as vezes que se mexer no ecrã.


Signal ganha videochamadas em grupo

A app de comunicação mais popular entre os fãs da privacidade - Signal - passa a ter videochamadas em grupo, sempre com a encriptação end-to-end pela qual é conhecida.

Por agora as videochamadas têm um limite máximo de 5 pessoas, o que poderá não ser suficiente para alguns casos, mas este é um limite que a empresa diz que poderá vir a aumentar no futuro. Os utilizadores poderão ver todos os participantes no ecrã num formato de grelha, ou então deslizar o ecrã para verem em ecrã completo o participante que estiver a falar, e que irá mudando automaticamente em função da conversa.


RGPD vale multa de 450 mil euros ao Twitter

A Irlanda multou o Twitter em 450 mil euros ao abrigo do RGPD / GDPR por não ter divulgado e documentado um caso de roubo de dados.

O Regulamento Geral de Protecção de Dados establece que as empresas notifiquem as autoridades competentes num prazo de 72 horas após terem tomado conhecimento do roubo ou exposição de dados, e que também forneçam documentação sobre como lidaram com o caso e que medidas foram tomadas para evitar que o incidente se repita. Algo que o Twitter terá falhado em fazer, e que agora o faz figurar num dos primeiros casos de multa aplicados a esta situação.


Mozilla elogia anti-tracking do iOS 14 da Apple

Não é todos os dias que vemos empresas a elogiar outras, mas é o que acontece com a Mozilla e a Apple. A Mozilla quer que os seus utilizadores e fãs agradeçam publicamente à Apple pelas medidas anti-tracking implementadas no iOS 14, e que tem originado queixas por parte do Facebook e outras empresas que se dedicam a "seguir" os utilizadores.

Com o iOS 14 as apps terão que pedir consentimento expresso para acederem a dados de indentificação dos utilizadores - o IDFA (Identifier for Advertisers) - dificultando o processo das apps poderem saber que um utilizador é o mesmo quando salta de app para app.


Curtas do dia


Resumo da madrugada


Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]