2021/03/31

Notícias do dia

Android Auto oficialmente em Portugal; app falsa na App Store rouba 600 mil dólares em Bitcoin a utilizador; ARM revela arquitectura Armv9 para a próxima década; YouTube testa esconder votos negativos; Google Meet prolonga chamadas ilimitadas até Junho; e Foxconn alerta que falta de chips vai durar até 2022.

Antes de passarmos às notícias do dia, temos novos passatempo gadget da semana, que te pode valer um módulo de tomada BlitzWolf BW-SHP10. Participa e partilha. E sendo final do mês, é também a altura ideal para aderires ao nosso Clube AadM+, que dá acesso a descontos exclusivos e passatempos adicionais.

"Voltswagen" foi piada fora de tempo da VW

A VW, empresa que nos trouxe o Dieselgate, afinal nem consegue planear e executar uma piada de 1 de Abril. A empresa anunciou que nos EUA iria mudar de nome para Voltswagen para sinalizar o seu compromisso nos automóveis eléctricos - um anúncio suspeito mas que era validado por um press release oficial da marca. Só que, afinal, a marca germânica veio reconhecer que afinal era mesmo uma piada "pré-1-de-Abril", e pede desculpa pela confusão, já tendo eliminado o dito press release.

Só que a brincadeira poderá sair-lhes caro, pois o anúncio do nome fez aumentar o preço das acções nos EUA, em reacção a esse compromisso eléctrico, e o caso poderá agora ser investigado pelas autoridades competentes como sendo manipulação do mercado. Ainda vão dizer que a culpa foi de algum engenheiro a trabalhar sozinho, que decidiu fazer tudo sem o conhecimento dos seus superiores, incluindo infiltrar-se nos servidores do departamento de marketing para criar o press release.


Multicert prepara novos certificados de segurança

A Google e a Mozilla deixaram de considerar válidos os certificados de segurança da empresa espanhola Camerfina, o que afecta todas as demais empresas que as utilizavam, como a Multicert. Sites como o MEO e muitos outros já começaram a receber avisos de serem inseguros, e apesar da situação ser previsível desde final de Fevereiro, só agora irá ser resolvida.

A Multicert diz que está em processo de disponibilizar novos certificados, que passarão a ser reconhecidos pelo Chrome 90 (disponível a partir de 13 de Abril) e o Firefox 88 (20 de Abril). Até lá, os utilizadores terão que ir aguentando com os alertas de acesso inseguro.


Facebook deixa desactivar comentários

Os utilizadores do Facebook que não quiserem lidar com comentários potencialmente abusivos podem agora desactivar os comentários nas suas publicações pessoais ou páginas da sua responsabilidade.

Uma alteração que não foi feita tendo em conta a saúde mental dos utilizadores, mas sim em resposta a legislação na Austrália que pode responsabilizar agências noticiosas por comentários difamatórios que possam ser deixados nas suas publicações, incluindo os comentários nas suas páginas do Facebook que, até ao momento, só podiam ser moderados depois de já terem sido publicados, deixando-as expostas a processos.


SpaceX revela cápsula Crew Dragon com cúpula panorâmica

Elon Musk e a SpaceX anunciaram uma cápsula Crew Dragon que irá ter uma redoma de vidro transparente para permitir que os futuros turistas espaciais tenham uma visão 360º desimpedida do que é estar no espaço.

Sem dúvida que será uma alteração bem recebida, evitando a frustração de se ir ao espaço apenas para se ver o que está lá fora através de diminutas janelas que, na verdade, poderão acabar por fazer com que a experiência fique aquém das suas expectativas. Mas para isso, será talvez melhor aguardar mais algum tempo, para confirmar que não estamos perante uma repetição do caso Voltswagen descrito em cima, e tudo não ter passado de uma piada antecipada de 1 de Abril.


Curtas do dia


Resumo da madrugada



Curiosidade do dia: O icónico avião espião Lockheed SR-71 Blackbird entrou em operação em 1966, e podia voar a mais de 3500km/h (Mach 3.2 - mais de três vezes a velocidade do som) a altitudes superiores a 25 mil metros (mais do dobro dos aviões comerciais de passageiros). A esta velocidade, demoraria menos de 9 minutos para chegar de Viana a Faro; ou 90 minutos para ir do Porto a Nova Iorque.

1 comentário:

  1. Ok, afinal a Volkswagen não mudou de nome nos EUA. Que trapalhada.

    ResponderEliminar

[pub]