2021/06/25

Google adia transição para FLoC - mantém-se nos cookies

Com a recusa de muitas empresas em aderirem ao FLoC, a Google adia o processo de transição - e poderá mesmo ser forçada a desistir da sua ideia para alternativa aos cookies.

O FLoC (Federated Learning of Cohorts) foi criado pela Google como sendo uma alternativa aos cookies, que começam a ser cada vez mais bloqueados pelos browsers, prometendo uma forma de fazer tracking dos utilizadores sem violar a sua privacidade. Uma promessa que não convenceu os especialistas, que têm criticado severamente o FLoC, e que também tem sido bloqueado pelo Brave, WordPress e Amazon.

Perante tal recepção, a Google não tem outro remédio senão colocar um travão nas suas aspirações. Os seus planos de transitar dos cookies para o FLoC, inicialmente previstos para o início de 2022, foram agora adiados para o final de 2023.

A Google ainda tem esperança de convencer alguns parceiros a aderirem e promoverem o FLoC como alternativa aos cookies, mas como se pode ver pela receptividade que teve, a tarefa não será fácil. Tendo em conta outros projectos que a Google já criou e que tentavam subverter a universalidade da web (como as páginas AMP), as probabilidades de que outras empresa e entidades aceitem que seja a Google a definir como fazer o tracking dos utilizadores, parece-me ser praticamente nula.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]