2021/07/02

Notícias do dia

Já entraram em vigor as novas regras de IVA nas compras fora da UE; Europa abre caminho para o WiFi 6E no final do ano; TicWatch Pro 3 e E3 poderão receber Wear OS 3.0 apesar do receio de que os smartwatches no mercado ficassem esquecidos; Richard Branson acelera para o espaço a 11 de Julho - antes de Jeff Bezos; e Windows 11 vai ter BSOD mas troca a cor azul de fundo pela cor preta.

Antes de passarmos às notícias do dia, já temos livro FCA escolhido para oferecer esta semana, Práticas de Python - Algoritmia e Programação. Participa e partilha. E sendo final do mês, é também o momento ideal para aderires ao nosso Clube AadM+ com descontos e prendas exclusivas.

Intel e Apple são os primeiros a querer os chips de 3nm da TSMC

Apesar do cenário de escassez mundial de chips, a luta pelos chips da próxima geração, fabricados pela TSMC usando um processo de 3nm, não pára. A Apple é um dos primeiros clientes a reservar parte da produção - nada de surpreendente considerando que já o tem feito para os processos anteriores - mas a grande surpresa é que também a Intel está na linha da frente para estes chips e, ao que parece, com uma encomenda de volume superior ao da Apple.

A evolução para o processo de 3nm dá "automaticamente" uma melhoria de 10-15% no desempenho face ao processo de 5nm, e uma redução nos consumos de 25-30%. Valores bastante significativos num sector em que se tenta espremer o máximo de desempenho mas, simultaneamente, se tem que garantir o máximo de autonomia possível. Deveremos ver os primeiros chips de 3nm a chegarem ao mercado na segunda metade de 2022.


UE lança certificado digital Covid-19

Em altura que se assiste a nova vaga preocupante de aumento de casos Covid-19, a UE avança com a criação de um sistema de certificado digital Covid-19, que procura facilitar o processo de livre circulação dos cidadãos.

O certificado poderá ser emitido no caso de cidadãos já vacinados, ou que tenham feito um teste recente com resultado negativo quanto à presença do virus, ou também no caso de já terem apanhado Covid-19 e terem recuperado. Emitido pelas entidades de saúde de cada país, o certificado contém um QR Code que permitirá uma fácil validação do mesmo.


Publicidade online dominada por 5 empresas

Sem grandes surpresas, praticamente metade do mercado da publicidade online mundial é actualmente dominado por apenas 5 empresas: Google, Facebook, Alibaba, Bytedance (TikTok) e Amazon - com particular destaque para a Google e Facebook, que detêm 21% e 14% respectivamente, face aos cerca de 12% dos três restantes combinados.

O cenário torna-se ainda mais marcante quando se olha para o panorama há dez anos atrás, sendo que em 2010 as 5 maiores empresas da altura na publicidade (Google, Viacom, News Corp, Comcast e Disney) detinham apenas um total de 17% do mercado global. Ou seja, em apenas uma década, torna-se bem evidente o efeito "monopólio", com as grandes empresas a ficarem cada vez maiores e a dominarem o sector, e com isso tendo muito maior controlo para poderem dificultar o crescimento de potenciais concorrentes.


Opera chega ao Chrome OS

Quem opta pelo Chrome OS estará interessado, à partida, em utilizar o Chrome, mas a partir de agora tem outra opção. O Opera apresenta-se como alternativa ao Chrome no Chrome OS, contribuindo para uma maior diversidade - e ajudando na questão indispensável, e essencial nos dias de hoje, de não se ficar limitado a um único browser fornecido de origem pelo fabricante do sistema.

Dito isto, o Opera que chega ao Chrome OS é na verdade baseado na versão Android e não na versão desktop, mas conta com a melhor e mais completa integração possível com o Chrome OS, de modo a que se pareça o mais possível com uma versão pensada de raiz para este sistema, em vez de uma simples app Android a correr em cima do Chrome OS. Isso inclui integração com serviços de chat, modo dark, e as habituais funcionalidades que se apreciam no Opera, como ad-blocker, VPN gratuita integrada, etc.


Curtas do dia


Resumo da madrugada



Curiosidade do dia: Uma fotografia digital típica pode ocupar 5MB. Essa mesma capacidade seria suficiente para guardar cerca de 2500 páginas de texto, ou cerca de 7 livros completos (com uma média de 350 páginas por livro - e isto sem usar compressão). Algo a pensar da próxima vez que tirarem uma foto a uma página para a enviarem para alguém.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]