2021/08/20

Notícias do dia

Tarifários 5G na Polónia com 130GB por €7.70; Caso Epic vs Google revela as tácticas "evil" da Google; Tesla AI Day revela detalhes da condução autónoma e robot Tesla Bot; falha no QNX deixa milhões de produtos vulneráveis; Amazon "matou" nome Alexa para pessoas; e OnlyFans proíbe conteúdos pornográficos a partir de Outubro.

Antes de passarmos às notícias, já temos novo passatempo gadget da semana, que desta vez te pode valer um powerbank solar Xiyihoo de 30000 mAh.

Google faz chegar Fuchsia ao Nest Hub

Após muitos anos de espera e curiosidade, a Google começa a fazer finalmente chegar o seu novo sistema Fuchsia ao Nest Hub - e a maioria dos utilizadores nem sequer irá dar por isso.

O novo sistema Fuschsia é um sistema completamente novo e feito de raiz, que não é baseado em Linux e utiliza um microkernel chamado Zircon. Mas, do lado do interface que é apresentado ao utilizador, tudo se mantém idêntico, e por isso mesmo, passará despercebido. Será preciso aguardar mais um pouco para ver quais serão as intenções da Google para o Fuchsia a longo prazo, e se eventualmente poderá vir a ser expandido a coisas como os Chromebooks e até o Android.


WhatsApp prepara auto-eliminação de mensagens a 90 dias

Depois de ter expandido o número de opções de prazo para as mensagens que se apagam automaticamente, o WhatsApp prepara-se para dar opções de maior duração, que poderão chegar aos 90 dias. Mais do que mensagens efémeras, esta opção de 90 dias será melhor descrita como sendo uma forma de evitar o histórico ilimitado das conversas, mas permitindo manter um registo dos últimos meses.

Ainda assim, e uma vez que as opções pré-definidas raramente serão capazes de ser as ideias para todos, porque não simplesmente dar a opção aos utilizadores de serem eles a escolher precisamente o período que querem para as mensagens desaparecerem, quer seja, 3, 5, 9, ou 17 horas, ou 4, 8, 57 ou 89 dias? Acabava-se a necessidade de andar sempre a ajustar e adicionar novas opções de tempo.


Toyota anuncia corte de produção de 40% no Japão por falta de chips

Depois de inicialmente ter dito que se tinha precavido contra a escassez de chips, também a Toyota sucumbe finalmente a esse dilema que se conjuga com os problemas da Covid-19, e anuncia que irá reduzir em 40% a sua produção no Japão.

Resultados que revelam que a Toyota não é imune à conjectura que tem lançado o caos entre os outros fabricantes automóveis e diversos sectores da indústria, e que acabam por fazer a Toyota cair na realidade. A marca japonesa tinha obtido resultados recorde no primeiro trimestre fiscal, que representaram quase metade das estimativas que tinha feito para o ano inteiro - mas recusou-se a fazer um ajuste dessas projecções tendo em conta a potencial redução da produção por falta de componentes. Falta essa que agora acaba por se fazer sentir também no maior fabricante de automóveis japonês.


Twitter melhora mensagens directas no iOS

Os utilizadores do Twitter em iOS vão poder contar com algumas melhorias ao longo das próximas semanas, que incluem coisas como: agrupamento de mensagens por dia (para evitar desperdício de espaço a mostrar data para cada uma), pressionar continuamente numa mensagem para adicionar reacções, ou enviar uma mesma mensagem directa para até 20 pessoas mas em mensagens separadas para cada uma (em vez de criar uma conversação em grupo).


Por agora são coisas que serão aplicadas na app iOS, mas é de esperar que eventualmente sejam transpostas também para a versão Android.


Curtas do dia


Resumo da madrugada



Curiosidade do dia: A gasolina, ainda tão popular nos automóveis actuais, começou por ser um produto que se considerava "sem interesse" resultante da refinação do petróleo em querosene

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]