2021/12/14

Notícias do dia

Os abusivos comerciais "da fibra"; Vodafone oferece 15GB este Natal; Apple lança app de AirTags para Android - mas é quase inútil; Mercedes Class S com Drive Pilot "autónomo" em 2022; Apple lança iOS 15.2 com relatório de privacidade, alerta de mensagens com nudez, e acesso após a morte; e lojas de peças usadas vítimas de abuso de copyright.

Antes de passarmos às notícias de hoje, relembro que já está a decorrer o nosso mega-passatempo Natal 2021 - 31 dias de prendas no AadM. Participa e partilha!

Apple adia "Universal Control" para 2022

Apesar de ter inicialmente prometido a funcionalidade para antes do final do ano, o Universal Control do macOS Monterey e iPadOS 15 agora foi adiado para o início de 2022.

O Universal Control é a funcionalidade que permite fazer com que um iPad fique automaticamente associado a um Mac ao ser colocado ao lado dele, sendo possível usar o teclado e rato do Mac para controlar o iPad. É uma das funcionalidades mais aguardadas para quem tem um Macs e iPads, mas será preciso aguardar mais um pouco para se poder tirar partido dela.


Honda quer detectar buracos na estrada

A Honda quer utilizar as câmaras nos automóveis para detectar buracos nas estradas e informar as autoridades competentes. Uma capacidade inevitável mas que levanta preocupações quanto às possíveis ramificações que pode ter.

Nada impede que este mesmo sistema que detecta buracos possa também identificar matrículas, marcas e modelos de automóveis, e até rostos de pessoas. Multiplicando-se isto por milhões de automóveis nas estradas, fica-se com um retrato bastante completo sobre onde está cada veículo e cada pessoa a cada momento, num terrível cenário "Big Brother" à escala global.


Ataques Log4j chegaram a 1 milhão em poucos dias

Os ataques que tentam explorar a vulnerabilidade Log4shell continuam a varrer a internet, e demonstram a velocidade que os grupos de atacantes se conseguem adaptar e mobilizar para tentar explorar essas fragilidades.

Bastaram 72 horas após a divulgação da vulnerabilidade para que o número de ataques a sistemas com o Log4j atingissem os 830 mil casos detectados, que entretanto já passaram um milhão. E também a aumentar está o número de variantes desta vulnerabilidade, que tentam ser mais eficientes ou contornar algumas das medidas provisórias de protecção contra o ataque.

È a demonstração perfeita de como não há tempo a perder no que diz respeito a lidar com este tipo de vulnerabilidades críticas, e que a cada dia que se demorar a tratar do problema, as hipóteses de se ser atacado aumentam drasticamente.


Netflix reduz preços - na Índia

Eis uma notícia que muito gostaríamos de ouvir, mas que infelizmente acontece do outro lado do mundo. A Netflix reduziu os preços na Índia, passando a mensalidade base para menos de metade, para conseguir manter-se competitiva face a serviços concorrentes no país.

O plano base passou de €5.82 para apenas €2.32 (!), com a modalidade intermédia a ser reduzida de €7.57 para €5.82, e a modalidade Premium 4K de €9.32 para €7.57. A modalidade ultra-económica só para dispositivos mobile também foi revista, passando de €2.32 para €1.74. O que se pode dizer disto? É que muito provavelmente a Netflix irá aumentar os preços em breve no resto do mundo, para compensar estas descidas.


Curtas do dia


Resumo da madrugada



Curiosidade do dia: Antes de adoptar o nome internacional, a Vodafone iniciou operações em Portugal sob a designação Telecel em 1991, a par da então TMN que viria a tornar-se na MEO.

1 comentário:

  1. Carlos, só uma pequena correcção, a Telecel fundada em 1991 era um empresa portuguesa, com a maioria do capital detido por empresas Portuguesas, e não tinha nada a ver com a Vodafone, logo não se pode dizer que Vodafone iniciou operações em Portugal em 1991.
    Durante a década de 90 existiram várias movimentações de compra de venda de quotas da empresa, mas só em 2000 é que a Vodafone passou a ser o accionista principal, e só em 2001 mudou a designação de Telecel para Vodafone.

    ResponderEliminar

[pub]