2018/09/27

Notícias do dia

As primeiras impressões do iPhone XS; Firefox Monitor alerta utilizadores potencialmente em risco; Oppo prepara versão do Find X com 10GB de RAM; segundo as estimativas dos analistas, o iPhone XS custa €336 a produzir; temos uma oportunidade única para comprar o microSD SanDisk Ultra de 400GB a €109.99; e ainda o relevante caso de Bryan Adams a lutar pela reversão dos Direitos de Autor.

Antes de passarmos às notícias de hoje, já arrancou novo passatempo "gadget da semana", que desta vez tem para oferecer uma mochila com porta USB; podem ganhar exemplares do livro Segurança no Software da FCA - e não se esqueçam que o nosso meeting mensal é já este sábado; se estiverem por perto, apareçam. :)

Facebook anuncia Oculus Quest por $399



O Facebook continua empenhado em promover a realidade virtual, e para isso vai lançar os novos óculos VR Oculus Quest. À semelhança dos Oculus Go, são óculos completamente independentes, que dispensam os cabos e utilização de um PC, mas que agora incluem dois controladores wireless para as mãos, e tudo isto sem necessitar de sensores externos como acontece com os Rift ou HTC Vive.

Vão custar $399... e serão mais um pequeno passo na direcção dos óculos VR que se deseja ter no futuro. (Podem ver toda a sessão de apresentação da Oculus aqui).





Oculus Go ganha foveated rendering fixo



Ainda relacionado com o tema anterior, os Oculus Go também vão receber algumas melhorias, como um novo modo de 72Hz e a possibilidade de fazerem "foveated rendering", que gera as imagens com a máxima qualidade numa área do ecrã e com menor qualidade nas partes para onde não se está a olhar.

Estes sistemas estão normalmente associados ao eye tracking, para se saber para onde o utilizador está a olhar, mas neste caso do Oculus Go, isto será feito numa zona fixa no centro do ecrã. O compromisso é que, ao usar este modo, o utilizador terá que virar a cabeça para onde deseja olhar, para ter acesso à máxima qualidade de imagem.


Google Maps facilita escolha em grupo de locais



Se costumam perder muito tempo a tentar organizar saídas com amigos que não se decidem quanto ao local onde deverão ir, o Google Maps dá agora uma ajuda, permitindo o planeamento onde todos os membros de um grupo podem fazer sugestões e decidir qual o local mais apetecível.

A lista de locais pode ser partilhada nas redes sociais, e todos os intervenientes podem votar no que quiserem... E assim, espera-se que a confusão de decidir o sítio a ir se torne numa coisa do passado (ou pelo menos, que não faça o "organizador" perder tempo com isso.)


Lenovo mostra protótipo de smartphone com ecrã dobrável


A corrida aos smartphones com ecrã dobrável segue a toda a velocidade, e agora é a Lenovo a mostrar um protótipo onde podemos ver o ecrã a dobrar... mas não parecendo ser uma solução prática para um dispositivo real, considerando a curvatura.

... Para algo deste estilo, faria muito mais sentido aplicar o conceito a uma smart bracelet, que assim se poderia ajustar ao pulso dos utilizadores.




Actualização do P20 Pro desactiva AI da câmara



Quem já tiver recebido a actualização CLT-L29 8.1.9.156(C432) no Huawei P20 Pro, poderá querer rever a opção "Master AI" da câmara, que fica desactivada após esta actualização.

É certo que nem sempre o reconhecimento automático das cenas tem o resultado esperado, mas penso que continuaria a ser recomendável deixar esta opção ligada, uma vez que um detecção de cena errada pode facilmente ser desactivada com um toque no ecrã - e, quem a não quisesse de forma permanente, poderia o Master AI nas opções.

Penso que esta desactivação pela actualização irá prejudicar mais os utilizadores do que ajudá-los...


Uber vai pagar $148M por esconder roubo de dados em 2016



O caso de roubo de dados da Uber vai subtrair mais uns milhões à empresa - 148 milhões de dólares, mais precisamente. É esse o valor que a Uber vai pagar para encerrar o caso que remonta a 2016, quando hackers conseguiram acesso a dados de 50 milhões de clientes e 7 milhões de condutores, e que a Uber tentou manter em segredo pagando 100 mil dólares aos hackers.

... Esperemos que este (mau) exemplo sirva para demonstrar a necessidade das empresas serem mais transparentes quanto ao que acontece com os dados dos seus clientes e utilizadores - tal como agora é exigido por conta do RGPD na Europa.


Curtas do dia


Resumo da madrugada

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]