2019/07/19

Notícias do dia

Rangel pede encomenda de volta para desalfandegar depois de a ter entregue; a NOS lançou finalmente a nova app Cinema NOS para comprar bilhetes e também pipocas (em breve); Oppo e Vivo mostram smartphones com dual-WiFi; Starhopper da SpaceX ficou envolto em chamas mas poderá voar na próxima semana; nas promoções temos os SSD Patriot P200 desde €33; e ainda um relatório que indica que a fidelidade aos iPhones está no valor mais baixo de sempre.

Antes de passarmos às notícias do dia, esta semana temos para oferecer uns earphones Xiaomi AirDots no passatempo de gadget da semana; participa e partilha.

Uber cobrou valor 100x superior por falha no ponto decimal nos EUA



O ponto decimal causou faz alguns clientes da Uber nos EUA entrar em pânico, ao verem ser cobrados valores 100x superiores ao que era suposto. Contas de valores como $19.05 tornaram-se em débitos de $1905, o que não é propriamente uma boa experiência.

Se nalguns casos o valor foi recusado automaticamente devido às protecções anti-fraude, outros tiveram que sofrer o débito desses valores, aproveitando também para criticar a falta de uma forma fácil de entrar em contacto com a Uber para pedir esclarecimentos e rectificar a situação. Um episódio que relembra que não se pode dar apenas atenção à comodidade do serviço quando as coisas correm bem, mas que é também essencial haver forma de reportar e regularizar a a situação quando algo corre mal.


Pixel 4 vai ficar-se pelos 6GB de RAM



Segundo as últimas indicações, a Google vai finalmente ultrapassar os 4GB de RAM que tem aplicado nos seus smartphons. Os Pixel 4 vão chegar com 6GB de RAM, numa opção que continua a ser criticada pelos fãs, considerando a gama em que se inserem (e o preço!), numa altura em que outros topo de gama adoptam 8GB ou mais de memória RAM.

No que diz respeito aos ecrãs, a Google vai apostar no seu "esticamento" graças à redução das margens, passando de 18:9 para 19:9, com 2280x1080 no Pixel 4 e 3040x1440 no Pixel 4 XL. Ao menos desta vez o formato fica uniformizado, já que nos Pixel 3 e 3 XL se tinham formatos de 18:9 e 18.5:9).


Google aumenta recompensas por vulnerabilidades no Chrome



A segurança digital é algo que tem cada vez mais valor, e é precisamente isso que a Google está a demonstrar com a decisão de aumentar significativamente o valor das recompensas pagas a quem descobrir falhas de segurança no Chrome, passando de um máximo de 15 mil para 30 mil dólares.

Não foram apenas as falhas de segurança mais graves que aumentaram; também as falhas normais viram o seu valor aumentar (em ainda maior proporção) de 5 mil para 15 mil dólares. Foi também criada uma nova categoria, para falhas que permitam ultrapassar o "lockscreen". Até ao momento a Google já pagou mais de 5 milhões de dólares em recompensas por falhas descobertas no Chrome.


Huawei volta a referir que HongmengOS não é para smartphones



Clarificando que a anterior referência de que o HongmengOS não era uma alternativa ao Android para os seus futuros smartphones não seria apenas uma confusão nas traduções, a VP da Huawei - Catherine Chen - veio mais uma vez dizer que o sistema HongmengOS da Huawei se destina a dispositivos IoT e outros equipamentos, mas não foi concebido como alternativa ao Android para aplicar nos smartphones.

Um esclarecimento que seguramente visa refrear os ânimos após alguns relatos que indicavam que o desenvolvimento do HongmengOS poderia permitir a chegada de smartphones Huawei alternativos ao Android já nos próximos meses. Afinal, a Huawei continuará dependente do Android e sem que tenha alternativas num futuro a curto ou médio prazo.


Curtas do dia


Resumo da madrugada

3 comentários:

  1. Esta Huawei...é só enganar o povinho...

    ResponderEliminar
  2. É o que faz usarem o separador decimal errado. Mas pronto eles gostam de ser diferentes em tudo.

    ResponderEliminar

[pub]