2019/10/31

Notícias do dia

Um estranho caso de uma compra que resultou na decepção de receber uma caixa vazia em vez de um Xiaomi Mi 9T Pro; Apple vai vender iPhones em 24 prestações sem juros com o seu Apple Card; Chrome testa ad-blocker para publicidade "pesada"; Samsung e Huawei lideram aumento das vendas de smartphones; Xiaomi Mi CC9 Pro mostra a sua câmara de 108MP; e a Google suspendeu AutoVoice por não gostar da descrição da app.

Antes de passarmos às notícias de hoje, temos novo passatempo gadget da semana que está a dar uma pen USB Xiaomi com 64GB; e sendo final do mês, é também a altura ideal para considerares a adesão ao Clube AadM+ com prendas mensais exclusivas.

Twitter deixa de aceitar publicidade política



Contrastando com o Facebook, o criador do Twitter anunciou que a sua plataforma irá proibir completamente toda a publicidade política. Uma medida que "corta pela raiz" todas as questões associadas às campanhas de desinformação e, principalmente, aumentam a pressão sobre o Facebook, que nos últimos tempos se tem "enterrado cada vez mais", a tentar justificar as suas decisões de permitir publicidade política manifestamente falsa, assim como fontes noticiosas duvidosas como sendo "fontes de confiança".

Com isto, parece-me que começamos a entrar numa era em que iremos ter redes sociais segmentadas por "cores políticas", o que acabará por criar ainda mais o efeito bolha já sentido noutras temáticas, em que os utilizadores começam a ter apenas acesso ao tipo de notícias que querem ter, arriscando-se a perder a perspectiva do mundo real.



WhatsApp ganha bloqueio por impressão digital em Android



Quem desejar manter as suas conversas WhatsApp a salvo daquelas pessoas a quem podem ceder temporariamente o smartphone, podem a partir de agora activar a opção de bloqueio via impressão digital.

Para que não se torne demasiado intrusivo para o próprio utilizador, será possível definir se se quer que este bloqueio entre em acção imediatamente assim que se sair da app, ou se queremos dar um período de tolerância de 1 minuto ou 30 minutos para que seja novamente pedida a impressão digital para confirmar a identidade.



Intel pronta para produzir chips de 10nm e iniciar a sua transformação



Depois de muitos atrasos, a Intel diz estar finalmente pronta para passar para um processo de fabrico de 10nm (os seus concorrentes já estão a produzir chips de 7nm, e no próximo ano já deverão lançar chips de 5nm), e - mais importante a nível estratégico, dar início à sua reformulação, passando de uma empresa associada a CPUs para PCs e servidores, para uma empresa com chips em todos os sectores.

É uma resposta algo tardia a algo que já está a ser feito (há muito) pelos chips ARM que actualmente dominam o sector mobile (e muitos outros). Ainda por cima, as tentativas que a Intel tem feito ao longo dos últimos anos de se diversificar não têm corrido muito bem, cancelando projectos atrás de projectos (o último dos quais viu a Apple a comprar a sua divisão que trabalhava nos chips 5G). Mas, teremos que esperar para ver se a táctica resulta, ou não.


Cortana ganha voz masculina e resumo dos emails no Outlook em iOS


Ainda não é desta que a Microsoft permitirá escolher vozes de celebridades ou outras vozes personalizadas para a Cortana, mas pelo menos vai passar a disponibilizar uma opção com voz masculina para o seu/sua assistente digital. Num curto vídeo partilhado no Twitter, podemos ver isso, assim como uma nova funcionalidade que permite fazer um apanhado dos emails recebidos no Outlook para que possam ser geridos via voz de forma mais eficiente.




Curtas do dia


Resumo da madrugada

2 comentários:

  1. " Twitter deixa de aceitar publicidade política" A internet está a ver para o mundo real. Os jornais sempre assim foram.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para explicar melhor que o comentário ficou curto. "Com isto, parece-me que começamos a entrar numa era em que iremos ter redes sociais segmentadas por "cores políticas", " isto sim é a internet a vir para ao mundo real. Os jornais sempre assim foram.

      Eliminar

[pub]