2019/11/19

Notícias do dia

Amazon certifica entregas com passwords de confirmação; Google Maps faz aproximação às redes sociais; Magisk facilita Google Feed no OnePlus; Samsung prepara modo "realizador" para as câmaras; qual a capa de protecção ideal para um smartphone; e Ad Blocker falso inunda Androids com publicidade.

Antes de passarmos às notícias de hoje, temos novo passatempo para gadget da semana, desta vez dedicado a um carregador wireless Choetech - participa.

Amazon faz chegar Amazon Music gratuito ao iOS e Android



Com a concorrência a apertar, a Amazon teve que rever a sua táctica e decidiu expandir o alcance do seu Amazon Music. Outrora limitado apenas aos Echo, a Amazon vai fazer chegar a modalidade gratuita do Amazon Music aos Androids e iPhones.

À semelhança do Spotify, a modalidade gratuita do Amazon Music dá acesso a playlists temáticas, com publicidade incluída. Infelizmente, ao contrário deste, o Amazon Music gratuito fica apenas disponível nos EUA, Reino Unido e Alemanha, pelo que o seu interesse para os consumidores nacionais é praticamente nulo - mesmo para aqueles que pagam para serem clientes Amazon Prime (com o Amazon Music incluído, mas inacessível a não ser que se recorra a VPNs).


Apple anuncia evento especial de Apps para 2 de Dezembro


De forma inesperada, a Apple lançou os convites para um evento especial a 2 de Dezembro que estará relacionado com apps e a sua App Store. A suspeita é que se trate de algo do estilo de uma cerimónia de "Oscars" para as melhores apps nas diversas categorias, como forma de lhes dar maior protagonismo - afinal, sem as apps o iOS não seria o que é.

Dito isso... seria também interessante que a Apple se dignasse a apresentar os seus trackers para objectos perdidos, para dar uso ao novo chip direccional estreado nos iPhones 11 - ou será que vamos ter uma reedição do caso AirPower?


Austrália vai expandir mega-bateria da Tesla



A mega-bateria da Tesla na Austrália está a ser um sucesso, de tal modo que a mesma irá ser expandida para ter mais 50% de capacidade, passando de 100MW para 150MW. E o motivo para tal é fácil de compreender. Só no primeiro ano de funcionamento esta mega bateria permitiu poupar mais de 50 milhões de dólares australianos. Considerando que o custo total da mesma foi de 66 milhões, significa que o investimento ficou praticamente pago de forma imediata.

A expansão para os 150MW deverá ficar concluída durante o primeiro semestre de 2020.


República Checa quer taxa digital de 7%



Sem o consenso de uma taxa a nível da UE, também a República Chega segue o exemplo francês e avança a solo para a criação de uma taxa digital de 7% a incidir sobre as grandes empresa tecnológicas, como a Google, Facebook, Amazon, etc.

A medida, que ainda terá que ser aprovada pelo parlamento, visa empresas que facturem mais de 750 milhões de euros anuais e cheguem a mais de 200 mil utilizadores. Não posso deixar de imaginar que algumas empresas comecem a limitar as adesões aos 199.999 utilizadores... :P


Curtas do dia


Resumo da madrugada

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]