2020/01/29

Notícias do dia

Facebook revela o que recolhe sobre os utilizadores fora do Facebook; petição pede que Microsoft liberte o Windows 7 como open-source; Google prepara (mais uma) nova app de mensagens unificada; imagens projectadas na estrada podem enganar o Autopilot da Tesla; nas promoções temos um Aspirador sem fios BlitzWolf BW-AR182 a €69; e ainda a revelação de que a Amazon guarda todos os toques feitos nos Kindle.

Antes de passarmos às notícias de hoje, já temos novo passatempo do gadget da semana que te pode vale um hub USB 3.0 da Xiaomi.

AGECOP aumenta "tacho" das receitas da cópia privada



A AGECOP congratula-se com a alteração da lei da cópia privada, fazendo com que o dinheiro que até aqui estava destinado ao Fundo de Fomento Cultural, que tem objectivo financiar programas de incentivo a actividades culturais e artísticas dando prioridade aos novos talentos, passe a reverter para os seus associados.

A lei definia que se os valores cobrados excedessem os 15 milhões de euros, o valor em excesso deveria ser direccionado para o Fundo de Fomento Cultural; mas com esta alteração, o valor passa a reverter na totalidade a AGECOP, que assim fica sem limite para lucrar com a ridiculamente injusta taxa que nos faz pagar extra pelos gigabytes e terabytes que temos, para contemplar a eventualidade de para lá copiarmos alguns conteúdos pelos quais também já pagamos!


Ferramenta de "limpar histórico externo" do Facebook não elimina dados já recolhidos



A recém-lançada ferramenta para gerir os dados que o Facebook recolhe fora do Facebook não escapa a críticas de, na verdade, estar longe de ser aquilo que deveria ser. Para começar, a ferramenta nem sequer permite realmente eliminar os dados recolhidos destes serviços externos, limitando-se a desactivar a recolha que venha a ser feita daí em diante - e mesmo nesse caso, os dados continuarão a ser enviados para o Facebook, mas sem que sejam associados directamente ao perfil do utilizador.

Mas pior será o facto de funcionar como um ultimato, já que os utilizadores não têm a opção de dizer que não querem que esses dados sejam recolhidos, sem que com isso percam acesso a outras funcionalidades que poderiam querer manter, como fazer login em serviços externos usando o Facebook.


iOS 13.3.1 vem com opção para desligar chip U1



A Apple lançou o iOS 13.3.1, que vem com a habitual dose de correcções e algumas pequenas novidades. Nos iPhone 11 passa a existir uma opção para desligar o chip U1 Ultra Wideband, que permanecia ligado mesmo no modo "airplane" (continuam por apresentar os trackers de localização em que a Apple estaria a trabalhar para dar uso a este chip). Há também correcções que fecham a porta a algumas das técnicas utilizadas para contornar os limites de restrição de tempo de uso de apps, de imagens que podiam continuar a ser carregadas no Mail mesmo se essa opção estivesse desactivada, etc.

Esta actualização também inclui correcções para os problemas de rede que se faziam sentir na rede O2 no Reino Unido, e que poderá também sinalizar um melhor comportamento noutras redes onde existissem problemas idênticos.


SpaceX lança novo lote de 60 satélites Starlink


Um destes dias deixará de ser notícia - uma vez que a SpaceX quer lançar 60 satélites Starlink a cada duas semanas durante este ano - mas até lá será sempre fascinante acompanhar a criação desta mega-constelação que irá criar uma rede de internet via satélite que cobre o planeta.

Hoje foram lançados mais 60 satélites, com aterragem bem sucedida do Falcon 9 na plataforma flutuante. Já a recuperação da coifa continua a ser mais problemática e, tal como numa tentativa anterior, apenas conseguiram apanhar uma das metades com os seus navios com redes gigantes antes de caírem no mar.




Curtas do dia


Resumo da madrugada

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]