2020/08/07

Notícias do dia

Trump bloqueia TikTok e WeChat nos EUA a 20 de Setembro; Microsoft desiste xCloud nos iPhones por causa da Apple; temos a batalha Oppo Find X2 Lite vs Oppo A91; Tesla facilita a abertura das portas nos Model 3 e Y; nas promoções temos um portátil Teclast F7S 14.1" a €186 e uma fita LED RGB 5m a €6; Android ganha avaliações das apps in-app; e a Microsoft está interessada no TikTok na totalidade.

Antes de passarmos às notícias do dia, não deixem de participar no passatempo gadget da semana que vos pode valer uma estação meteorológica YUIHome; e sendo início do mês, é também a altura ideal para aderires ao nosso Clube AadM+ que te dá acesso a ofertas exclusivas.

Facebook Gaming sem jogos no iOS por causa da Apple



O Facebook junta-se ao grupo de críticos da Apple e das restrições que impõe na App Store, que nos últimos dias levaram a MS a desabafar que foram forçados a abandonar o xCloud para iOS. No caso do Facebook a forma de protesto torna-se ainda mais criativa, já que o Facebook lançou a app Facebook Gaming para iOS... mas sem os jogos!

É certo que a maior parte dos utilizadores do Facebook Gaming o usam para seguir o streaming de jogos de outros jogadores, mas uma das suas funcionalidades era dar acesso aos Instant Games, jogos bastante simples mas suficientes para passar o tempo. Uma capacidade que a Apple simplesmente se recusou a aceitar, não permitindo a entrada da app na App Store até que o Facebook a removesse.


Intel investiga roubo de 20GB de dados confidenciais



Estão a circular na internet 20GB de informações pertencentes à Intel, com muitas delas marcadas como sendo confidenciais, e que revelam dados internos de design sobre CPUs e sistemas. Não se sabe ainda até que ponto é que estes dados serão relevantes, mas no pior caso poderão ser utilizados para descobrir novas vulnerabilidades que possam vir a ser utilizadas para ataques.

Considerando os recentes casos de ransomware com pagamento de resgates de milhões de dólares, é fácil perceber como o incentivo para esmiuçar todos estes dados seja bastante elevado, potencialmente pondo em risco milhões de máquinas e pessoas.


DSPs vulneráveis deixam smartphones em risco



Mesmo a propósito da notícia anterior, investigadores revelaram um novo risco de segurança que afecta milhões de smartphones e outros equipamentos com chips Qualcomm - mas potencialmente alargando-se a muitos mais. Estes investigadores focaram-se nos DSPs (Digital Signal Processors)  existentes na maioria dos equipamentos actuais, que na prática são micro-computadores optimizados para fazer o processamento de sinais sem sobrecarregar o CPU principal; mas que também podem ser abusados para comprometer o sistema.

Segundo este relatório, só nos chips Snapdragon da Qualcomm foram encontradas mais de 400 vulnerabilidades(!) - vulnerabilidades que podem ser usadas por apps maliciosas para se infiltrarem no sistema e por lá permanecerem, indetectáveis. Não foram dados muitos detalhes, uma vez que podem por em risco centenas de milhões de smartphones, mas está agendada uma demonstração na DEFCON para revelar o que é possível fazer.


Facebook prolonga trabalho remoto até Julho de 2021



O Facebook volta a prolongar o prazo para o período de trabalho remoto a partir de casa, agora prolongando-o até Julho de 2021 (igualando o prazo que a Google já tinha adoptado).Um prolongamento que nos faz perguntar se, por esta altura, não seria mais simples manter permanentemente as condições para trabalho remoto, e focarem-se em continuar a fazê-lo da forma mais eficiente possível.

Um pequeno gesto que também será apreciado: o Facebook vai disponibilizar $1000 aos seus trabalhadores, para que possam investir na melhoria do seu espaço de trabalho em casa. Um exemplo que poderia ser seguido pela empresas tecnológicas nacionais. :)


Curtas do dia


Resumo da madrugada


Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]