2020/11/04

Notícias do dia

Carteira MagSafe da Apple é excelente para perder cartões; Starlink leva internet de 120Mbps ao "fim do mundo"; iPhone 12 Mini limitado a 12W no carregamento wireless; Spotify no Apple Watch dispensa necessidade de iPhone; Massachusetts aprova Right to Repair para os automóveis; e Netflix explica como consegue manter o serviço em caso de problemas.

Antes de passarmos às notícias de hoje, temos novo passatempo que te pode valer selfie stick BlitzWolf BW-BS10; e sendo início do mês, é a altura certa para aderires ao nosso Clube AadM+ que dá acesso a passatempos exclusivos todos os meses.

Galaxy S21 pode chegar a 14 de Janeiro

Vão-se multiplicando os rumores de que a Samsung aproveitará o cancelamento dos eventos habituais (por conta do Covid-19) para ajustar o seu calendário de lançamentos, e com isso aproveitar para lançar a nova família Galaxy S21 logo no início do ano - ou, mais concretamente, a 14 de Janeiro.

Habitualmente a Samsung lançava os Galaxy S em Março, mas antecipou o lançamento do actual S20 para Fevereiro este ano, e agora deverá fazê-lo novamente com o S21, puxando-o para Janeiro. Uma medida que acaba por ser adequada, e elimina o desfasamento entre o nome do modelo e o ano de lançamento.


Watch Dogs: Legion alvo de ransomware?

O jogo Watch Dogs: Legion, em que os jogadores tem que fazer "hacking", pode ter sido ele próprio vítima de hackers. Um grupo de ransoware diz ter conseguido entrar nos servidores da Ubisoft e expuseram 558GB de dados que supostamente incluem o código fonte deste jogo - informação que seria extremamente valiosa para a comunidade modder.

Neste caso os dados nos servidores não terão sido encriptados, com o pedido de resgate a centrar-se apenas na ameaça da sua divulgação, o que poderá ajudar a evitar atrasos na Ubisoft, mas seguramente obrigará a rever a segurança da sua rede para evitar que algo idêntico se repita no futuro.


Novo FSD da Tesla parece evitar objectos na estrada


O novo modo FSD do Autopilot continua a ser posto à prova (e já justificou um aumento da opção para os 10 mil dólares nos EUA), e desta vez temos um caso em que o sistema parece ter a capacidade para detectar objectos na estrada e se desviar deles.



Direcção da voz pode ajudar smart devices


Numa mundo em que estamos cada vez mais rodeados de smart devices capazes de reconhecer comandos de voz, há um sistema que quer ajudar a que eles saibam quando estamos a falar para eles sem usar palavras chave iniciais de activação.

Investigadores desenvolveram um método que permite a estes dispositivos detectar a direcção da voz, e assim distinguir entre comandos que sejam dados quando alguém está a falar directamente na sua direcção, ou a falar casualmente virado para outro lado. Aparentemente, o sistema é suficientemente simples para poder ser aplicado a qualquer dispositivo sem necessidade de hardware adicional.



Curtas do dia


Resumo da madrugada

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]