2020/12/17

Notícias do dia

Apple responde ao Facebook - que ameaça "fim da internet gratuita" em novo anúncio; Bitcoin atinge máximo histórico; Google Photos ganha efeito 3D nas fotos; Stadia já disponível em iPhones e iPads; Google termina Android Things para o público; e FB Messenger desactiva funcionalidades na Europa.

Antes de passarmos às notícias do dia, relembro que já começou o nosso mega-passatempo de Natal, com 31 dias de prendas e que hoje te pode valer um livro Fotografia com Câmara Digital e Smartphone da FCA.

VW perde caso dieselgate no Tribunal de Justiça da UE

Ainda a arrastar-se nos tribunais, o caso Dieselgate da VW chega finalmente a um ponto de viragem com a derrota no Tribunal de Justiça da UE.
A VW argumentava que a sua batota para enganar os testes de emissões era apenas um sistema que tinha por objectivo "proteger o motor", mas o TJUE não se deixou enganar por essa explicação. Noutra decisão já deliberada este Verão, o TJUE já tinha determinado que os consumidores Europeus podem processar o fabricante nos seus países de origem, em vez de terem que o fazer na Alemanha.

O escândalo Dieselgate já terá custado à VW mais de 30 mil milhões de euros, e seguramente ainda irá ter repercussões que se irão arrastar por muitos mais anos, apesar das tentativas da VW em se tentar distanciar disso com a aposta nos carros eléctricos.


Netflix testa modo "só som" na app Android

A Netflix está a dar aos utilizadores da app Android a possibilidade de desligarem o vídeo e ficarem apenas a ouvir os programas, dando um pequeno passo no sentido de tornar o seu serviço numa alternativa às apps de música e podcasts.

Obviamente que não fará muito sentido cortar o vídeo na maioria dos filmes mas, considerando que há muitos outros programas, como programas de comédia, música e documentários, que não estão dependentes da componente visual, não deixa de ser uma opção interessante - e com vantagens imediatas em termos de redução do consumo de dados para quem estiver dependente de um tarifário com limite de dados.


Sonda lunar chinesa Chang'e-5 regressa à Terra com amostras da Lua

A China concluiu com sucesso a missão de recolha de amostras de solo lunar e o transporte de regresso à Terra. A cápsula de recolha das amostras aterrou na Mongólia, não tendo ainda sido revelada a quantidade de amostras que foram recolhidas.

Isto torna a China no terceiro país a ter recolhido amostras da Lua, juntando-se aos EUA e União Soviética, quase meio século após a última missão que nos trouxe um pedaço da Lua.


Google acusada de dar tratamento preferencial ao Facebook

Os EUA avançam com novo processo contra a Google, desta vez acusando-a de dar tratamento preferencial ao Facebook na partilha de informação, em troca do Facebook não fazer demasiada concorrência ao negócio de venda de publicidade da Google. A Google e Facebook tinham feito um acordo público de cooperação na publicidade online, mas secretamente terão também feito um acordo a nível de dar ao Facebook acesso a dados que não estavam acessíveis a outros parceiros, e de ter regras menos limitadas.

Quando se começou a levantar o véu sobre os abusos feitos pelo Facebook, depressa se começou a suspeitar que seria apenas a ponta do iceberg, e que o silêncio da Google servia quase como pouco discreto "não olhem para nós e para aquilo que nós fazemo / temos capacidade para fazer". Agora parece ser inevitável que também a Google veja exposta publicamente a extensão do seu poder e tudo aquilo que tem feito para o manter e limitar a concorrência.


Curtas do dia


Resumo da madrugada



Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]