2022/04/19

Notícias do dia

Temos um evento imperdível para celebrar os 40 anos de ZX Spectrum em Cantanhede; iPhone 14 perde "mini" mas ganha novo Max; DuckDuckGo nega remoção de sites pirata; AI da Intel detecta alunos distraídos ou aborrecidos; e políticos e cidadãos catalães espiados por spyware Pegasus e Carandiru.

Antes de passarmos às notícias, já temos novo passatempo semanal, que desta vez te pode valer uma coluna BT Tronsmart Groove Force Mini.

Microsoft aumenta recompensas por bugs

Tem sido inevitável que as empresas dêem mais valor aos bugs e vulnerabilidades nos seus produtos, que podem pôr em risco milhões de clientes, e a MS dá um sinal claro disso, aumentando as recompensas.

Encontrar bugs e revelá-los às respectivas empresas já é uma tarefa bastante lucrativa, e agora poderá sê-lo ainda mais. A MS diz que aumentou as recompensas em até 30%, podendo representar mais 26 mil dólares por bugs encontrados no Office 365. Há alguns meses tinha anunciado algo idêntico para o serviço Azure, cujos bugs podem agora valer até 60 mil dólares.


EUA anunciam fim de testes de mísseis anti-satélite

Procurando evitar a proliferação de mais testes que possam gerar destroços em órbita, os EUA anunciam que não irão realizar testes de mísseis anti-satélite.

A medida segue-se à demonstração feita pela Rússia, que em Novembro do ano passado destruiu um dos seus próprios satélites. Mas, anteriormente, já a Índia tinha feito um teste idêntico em 2019, e a China em 2007 - sendo que os destroços deste último ainda estão a criar problemas: há alguns meses a estação espacial internacional teve que fazer manobras para evitar uma potencial colisão com um desses bocados que ainda permanece em órbita.


Streets of Rage vai ter filme

O clássico jogo Streets of Rage de 1991 vai ter direito a adaptação para o cinema, e pela mão do criador de John Wick e Nobody, Derek Kolstad, o que será desde logo indicador do tipo de filme que se poderá esperar.

Sendo que nem o Pac-Man escapou à adaptação para o cinema, podemos dizer que nenhum jogo "está a salvo". E isso também é indicativo da lista de trabalho que Derek Kolstad tem, tendo já sido pedido que também trate da adaptação para filme dos jogos Splinter Cell, Hitman (que já tem vários filmes), e Just Cause. É caso para dizer, ainda sou do tempo em que os se faziam jogos baseados em filmes - agora podemos dizer que é o oposto.


Copiar conteúdos da web é legal - diz tribunal nos EUA

Copiar conteúdos publicamente visíveis na web - o denominado web scraping - é legal, segundo um tribunal nos EUA que analisou um recurso de um caso que se arrasta há vários anos, e em que o LinkedIn processou uma empresa rival que estava a copiar as informações dos seus utilizadores.

A decisão é aplaudida pelos serviços que mantêm registos históricos da web, mas é criticado por todos os que não apreciam ver os seus dados copiados por concorrentes, e deixando também no ar a questão da legalidade de empresas como a ClearView AI, que tem acumulando milhares de milhões de fotos de rostos; basicamente, toda e qualquer foto que encontre na internet. Mas, o caso ainda não chegou à última instância, e irá novamente ser alvo de recurso, até que se chegue a uma decisão verdadeiramente definitiva.


Curtas do dia


Resumo da madrugada



Curiosidade do dia: O primeiro filme baseado num videojogo a chegar aos cinemas foi o Super Mario Bros em 1993. No ano seguinte estreavam os filmes Double Dragon e Street Fighter, seguido em 1995 pelo Mortal Kombat.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]