2019/02/12

Notícias do dia

O serviço de streaming da HBO chega a Portugal por €4.99 /mês; Elon Musk diz que bilhete para Marte poderá vir a custar menos de 100 mil dólares (com viagem de regresso incluída); tecnologia de reconhecimento de matrículas cada vez mais utilizada por privados; Gmail vai ter botão direito do rato mais funcional; Pushbullet refresca Material Design - com modo escuro só para quem paga; e como o sistema de copyright no YouTube facilita a extorsão de YouTubers.

Antes de passarmos às notícias de hoje, relembro que já está a decorrer a fase de selecção dos livros FCA que teremos para oferecer esta semana.

Testes de DNA são a última "moda"



Graças ao surgimento de serviços a disponibilizar testes genéticos a custo reduzido, os testes de DNA estão a tornar-se num verdadeiro fenómeno, tendo já sido feitos por mais de 26 milhões de pessoas.

Testes como do MyHeritage DNA, AncestryDNA, 23andMe, e outros, permitem que com um simples raspar de um cotonete na boca, se possa ter acesso a um curioso conjunto de informação sobre as nossas origens, e até potencialmente encontrar familiares desconhecidos.



Alguns dos serviços podem até fornecer informação sobre potenciais predisposições para determinadas doenças e problemas de saúde, embora alguns pareçam não o indicar para Portugal.

Embora curioso e interessante, tendo em conta a época em que vivemos, há também que ter em consideração que estamos a ceder a empresas privadas valiosos dados com enorme potencial - e ainda estamos a pagar por isso.


Gastos com apps continuam a aumentar nos EUA



Lembram-se dos tempos em que se dizia que não se iria gastar um cêntimo a comprar apps (ou compras in-app)? Pois bem, nos EUA a coisa tem mudado drasticamente nos últimos anos, e actualmente os utilizadores com iPhones já gastam, em média, 79 dólares por ano.

Este número torna-se mais significativo quando se tem em consideração que representa um aumento de 36% face ao valor gasto em 2017 (58 dólares). É uma tendência que acredito que também se irá comprovar no resto do mundo, em maior ou menor grau (eu pelo menos, também tenho notado que se torna cada vez mais "fácil" ir gastando uns euros em apps...)


Apple e Xiaomi caem na China - Huawei mantém crescimento



O panorama na China continua a ser desolador para a Apple, tendo caído 19.9% no quatro trimestre, mas também a Xiaomi tem estado a sentir a crise, caindo 34.9% - permitindo à Apple recuperar a quarta posição. Quem continua imune é a Huawei, que conseguiu um crescimento de 23.3%, mantendo a primeira posição.

Na segunda e terceira posição ficam a Oppo e a Vivo, com crescimentos modestos de 1.5% e 3.1% respectivamente. (Sempre é melhor ficar na mesma do que cair...)


Jogo Beat Saber não conseguia acompanhar velocidade dos jogadores



O jogo Beat Saber coloca os jogadores num ambiente VR com espadas laser, tendo que cortar os objectos que ritmicamente vão chegando. O problema é que o jogo não estava preparado para lidar com a velocidade de alguns jogadores, que faziam movimentos que iam para além do que os criadores do jogo pensavam ser humanamente possível!


O jogo fazia várias verificações para eliminar potenciais erros de leitura, e uma das coisas era o caso de um dos controladores ter um movimento demasiado rápido. Afinal, descobriu-se que há jogadores que conseguem superar velocidades de mais de 3600 graus por segundo!

Acho que é precisamente o tipo de coisa que se enquadra no ditado acabado de inventar por mim: nunca subestimem o poder de um mestre jedi a lutar com espadas laser, mesmo que seja em realidade virtual! :)





Curtas do dia


Resumo da madrugada

2 comentários:

[pub]