2019/12/20

Notícias do dia

Apple prepara iPhones via satélite; Facebook está a criar um sistema operativo próprio para evitar dependência no Android; novo Samsung dobrável replica o RAZR; o Pixel 3 da Google podia ter tido ecrã de 120Hz - mas a opção final recaiu por um ecrã OLED de 60Hz; e programador condenado por implementar bugs deliberados para garantir trabalho regular ao longo de vários anos.

Antes de passarmos às notícias de hoje, não te esqueças de participar no nosso mega-passatempo de Natal 2019 com 31 dias de prendas - onde hoje temos um robot programável Cyber Talk da Clementoni.

Tesla atinge novo recorde nas acções



Para grande descontentamento dos arautos da desgraça que têm apostado na queda da Tesla, as acções da empresa de Elon Musk atingiram novo valor máximo histórico e praticamente duplicaram de valor nos últimos 6 meses.

As acções, que ainda em Agosto estavam a cerca de $200, superaram o valor de $400 - representando um lucro de 100% em poucos meses. O bom desempenho das vendas dos Model 3, conjugado com o enorme interesse gerado pelo futuro Cybertruck, assim como o início da comercialização do Model Y em 2020 parece ter tranquilizado os investidores. A parte da geração solar também parece estar finalmente a dar resultados positivos, o que consolida a visão estratégica da empresa; e ainda há algumas novidades que Elon Musk promete revelar em breve.


Amazon quer "passar à frente" da SpaceX e OneWeb nos satélites



A SpaceX e outras empresas estão a mostrar o seu descontentamento com as práticas da Amazon, que agora se está a tentar "infiltrar" no acesso a gamas de frequência para operação dos seus satélites. A Amazon está a solicitar à FCC acesso especial às frequências que pretende utilizar, desrespeitando todos os outros que seguiram o complexo processo tradicional no pedido das mesmas, feito há anos.

A Amazon chegou agora, três anos depois do prazo estipulado, e não só está a pedir o acesso às frequências já atribuídas, como também está a pedir a sua integração nesse grupo como se tivesse seguido o processo desde o princípio... Vamos ver se as regras são para todos, ou só para alguns.


Zynga com 172.8 milhões de utilizadores expostos na net



Milhões de pessoas que em tempos poderão ter jogado jogos como o Words With Friends ou Draw Something estarão neste momento a receber a informação de que os seus dados passam a fazer parte do crescente conjunto de dados roubados e expostos na net. Foi exposta uma base de dados com registos referente a 172.8 milhões de jogadores da Zynga, com nomes de utilizadores, emails e hashes das passwords, que se tornará em mais um manancial de informação a juntar ao já existente para todo o tipo de ataques e tentativas de roubo de contas.

Se ainda usarem jogos da Zynga será conveniente mudarem a password, e se por acaso usavam uma password repetida com outros sites, apressem-se a mudá-las também (e aproveitem e passem a usar um gestor de passwords para evitar a repetição do caso no futuro.)


Operador Cox multado em mil milhões de dólares por facilitar pirataria

Depois de muito litígio, a RIAA e empresas discográficas esfregam finalmente as mãos, ao conseguirem uma vitória nos tribunais contra a Cox por ter facilitado a pirataria de música, e com a atribuição de mil milhões de dólares em prejuízos.

Uma decisão que certamente enviará calafrios a todos os ISPs, que assim ficam também na mira destas entidades para que sejam culpabilizados pela potencial pirataria feita pelos seus clientes. Neste caso, disseram que o operador recusou implementar "medidas razoáveis" para impedir a pirataria (por ter imposto limites ao número de queixas que estava disposto a processar, ou por recusar desligar a ligação a clientes que eram acusados de ser "piratas").


Curtas do dia


Resumo da madrugada

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]