2021/04/16

Notícias do dia

WhatsApp pode ser desactivado por qualquer pessoa que saiba o número de telefone (e como se podem proteger); Edge ganha Kids Mode para proteger as crianças; Google Earth ganha timelapses que mostram as alterações no nosso planeta em 3D ao longo das últimas décadas; nas promoções temos o Poco X3 NFC a €159 e o monitor Xiaomi curvo 34" 144Hz a €377; e ainda o caso do Google Docs com erros estranhos para quem usa ad-blockers.

Antes de passarmos às notícias de hoje, temos novo passatempo que esta semana te pode valer um barra LED Baseus para monitor.

iPhone 13 com notch mais pequeno e câmaras na diagonal

Já começaram a surgir os primeiros leaks sobre a próxima geração de iPhones - que irá testar a "sorte" com o número 13 a não ser que a Apple opte por avançar com um "12S". O design global será idêntico ao dos iPhone 12, que marcaram o regresso aos lados planos como os que se tinha na geração iPhone 5, e cujo sucesso mostra que foi uma boa opção. Na parte da frente a principal alteração será um noch ligeiramente mais compacto (em preparação para o seu potencial desaparecimento em 2023).

Na parte traseira, temos uma estranha alteração, em que os módulos das câmaras passam a estar desalinhados, ficando colocados na diagonal. Qual o motivo para tal? Teremos que aguardar por mais informações para saber, mas poderá ser para permitir objectivas ligeiramente maiores; ou uma forma de conseguir um maior desfasamento da perspectiva de ambas as câmaras para permitir melhores resultados em termos de cálculo da profundidade 3D para aplicação do efeito de desfocar o fundo nos retratos.


Kindle passa a poder mostrar capa dos livros

Após muitos anos de desespero, a Amazon dá aos possuidores dos Kindle a funcionalidade que há muito era pedida: a capacidade de poderem mostrar a capa dos livros que estão a ler quando têm o dispositivo "desligado".

Isto era algo que há muito era exigido pelos fãs mas que a Amazon nunca tinha permitido, e que era também um dos principais motivos pelos quais alguns utilizadores optavam por fazer "jailbreak" dos seus Kindle, para poderem ter acesso a mais funcionalidades. Coisa que, no caso da apresentação das capas dos livros, passará agora a estar acessível oficialmente com um simples toque na opção "show cover" nas definições.


Dogecoin aumenta 600% numa semana

A criptomoeda Dogecoin criada por brincadeira volta a dar que falar, ao aumentar mais de 7x, de $0.06 para $0.43, em poucos dias - e voltando a contar com a ajuda de Elon Musk para impulsionar ainda mais a subida, como já tinha feito em casos interiores.

Para se ficar com uma melhor ideia do que isto significa, quem tivesse 1000 euros de dogecoin há uma semana, teria agora mais de 7160 euros. Mas, como em todos os casos de criptomoedas, acções, e outros investimentos, é sempre fácil fazer as contas ao se olhar para o passado. Meter o dinheiro em qualquer produto de alto risco sem saber o que irá acontecer amanhã, essa é que é a grande dificuldade.


Project Zero dá 30 dias adicionais antes de revelar falhas de segurança

O Project Zero da Google, que se dedica a procurar vulnerabilidades em produtos e serviços, e que tem sido acusado de ser demasiado agressivo na forma como os divulga publicamente, vai prolongar o período para a revelação dessas falhas. Para além dos 90 dias que dava para que as empresas afectadas resolvessem os problemas, será dado um período de 30 dias adicional após a disponibilização de uma correcção, para essa correcção tenha tempo de chegar a todos os utilizadores afectados.

No caso de vulnerabilidades que estejam a ser utilizadas em ataques, mantém-se o prazo reduzido de 7 dias; mas também nesse caso com a folga de 30 dias adicional no caso da empresa afectada disponibilizar uma correcção em tempo útil. Ou seja, este prazo adicional de 30 dias só se aplica nos casos em que as empresas lançarem as actualizações, servindo para proteger os utilizadores que não fizerem a actualização logo no primeiro dia em que ficar disponível.


Curtas do dia


Resumo da madrugada



Curiosidade do dia: A primeira encomenda de comida feita através da internet foi de uma pizza da Pizza Hut e foi feita no distante ano de 1994 - antes mesmo de existir o Windows 95.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]