2022/03/15

Notícias do dia

MS testa publicidade no File Explorer no Windows 11; iOS 15.4 chega com Face ID com máscara e Universal Control; Digital Wellbeing com widget para mostrar apps mais usadas; DirectStorage da Xbox chega ao Windows; Windows 11 remove restrição ao VirtualBox; Intel aposta "biliões" na produção de chips na Europa.

Antes de passarmos às notícias, já temos novo passatempo semanal, que desta vez te pode valer um carregador Anker Power Port PD 2.

Clearview AI disponibiliza serviço à Ucrânia

A polémica empresa de reconhecimento facial Clearview AI, que diz ter quase 100 mil milhões de rostos na sua base de dados, vai disponibilizar os seus serviços gratuitamente à Ucrânia, para assistir na identificação de soldados e pessoas mortas.

Será uma forma "fácil" da empresa tentar melhorar a sua imagem global - já que efectivamente tem "roubado rostos" por toda a internet; mas que também pode correr bastante mal. Há quem relembre que os riscos de uma potencial má identificação podem ter consequências letais num cenário de guerra: por exemplo, algum cidadão ucrâniano que erradamente seja identificado como soldado russo numa operação de controlo. Esse tipo de reconhecimento errado já tem feito com que algumas forças policiais que usam reconhecimento facial tenham detido pessoas inocentes, pelo que não é uma eventualidade descabida.


África do Sul leva Meta a tribunal por bloquear acesso ao WhatsApp

Na África do Sul assiste-se a um caso curioso, com o regulador e levar a Meta a tribunal por ter removido o acesso à API do WhatsApp de uma startup que trabalhava numa plataforma "GovChat" de mensagens para ligar cidadãos e governo.

O regulador queixa-se que a Meta está a abusar da posição dominante e a decidir unilateralmente quem pode usar a sua plataforma; a Meta defende-se dizendo que a startup tem repetidamente recusado seguir as condições de utilização impostas para proteger os cidadãos, dando prioridade aos interesses comerciais da startup e não os do público. É uma justificação curiosa, já que se poderia perguntar se não é precisamente isso que a própria Meta faz também.


Streaming continua a crescer

Enquanto a indústria do cinema tenta recuperar do apocalipse que a pandemia Covid-19 foi para as salas de cinema, as plataformas de streaming vão recolhendo os lucros. O streaming duplicou as receitas face aos valores de 2018, atingindo um valor de $71B.

Embora as receitas dos cinemas tenham duplicado em 2021 face ao desastroso ano de 2020, continuam ainda em metade dos valores de 2019: $21B vs $42B. Agora resta saber se nos próximos anos irá recuperar, ou se a conveniência do streaming e as estreias simultâneas ou com menor período de espera, já conquistaram definitivamente o público.


Stadia facilita acesso a jogos gratuitos

A Google vai jogar um trunfo para tentar fazer com que o Stadia se torne num serviço de sucesso: apostar nas coisas gratuitas.

Para além de estar a trabalhar no sentido de facilitar a conversão de jogos para o Stadia, a Google está a aliciar os developers com a possibilidade de disponibilizarem demos dos seus jogos que ficarão imediatamente acessíveis para os jogadores, sem necessidade de qualquer registo ou login. Ou seja, querem fazer com que o Stadia se torne num "YouTube de jogos", em que podemos visitar, ver um jogo que nos interessa, e jogá-lo imediatamente - com o objectivo de, no final do período de demonstração, ser suficiente para que se clique no botão de "comprar" para continuar a jogá-lo.


Curtas do dia


Resumo da madrugada



Curiosidade do dia: As "bolachas" de silício usadas para a produção de circuitos integrados têm diâmetros entre 100 e 300 mm, com as maiores a permitirem a produção de mais chips. Estão também a ser feitos testes para a produção de chips em wafers de 450 mm.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]