2019/05/22

Notícias do dia

Área de cidadão do SNS está a mostrar dados de outros utentes; Apple lança novos MacBooks Pro mas mantém teclas problemáticas; Huawei reforça ligação à Europa em resposta ao tratamento dado pelos EUA (mas perde acesso ao Android Q beta no Mate 20 Pro, e também levou corte da ARM, como falamos mais abaixo); Wiko apresentou o View3 e View3 Pro com câmara tripla; o Firefox 67 chega mais veloz que nunca e com maior privacidade; e ainda como as notícias falsas e desinformação continuam a atrair mais atenção do que as notícias legítimas.

Antes de passarmos às restantes notícias do dia, não te esqueças de participar no passatempo de gadget da semana que desta vez está a oferecer um receptor bluetooth com emissor FM e MP3 para o carro; e relembro ainda que o nosso evento mensal é já este sábado e estão todos convidados.

YouTube Music e Premium com descontos para estudantes em Portugal



A Google quer tornar mais apelativa a oferta do YouTube Music e Premium aos estudantes portugueses, com preços mais baixos (podiam também aproveitar a oportunidade e unificar ambos os serviços num, para não complicarem as coisas).

O YouTube Premium fica assim disponível por apenas €3.49 e o YouTube Music Premium por €4.99. Estes planos apenas podem ser subscritos por estudantes que frequentem universidades acreditadas.


EUA preparam-se para adicionar Hikvision, Dahua e outras empresas chinesas à lista negra



A Huawei não deverá ser a única a sofrer o impacto de ter sido adicionada à lista negra pelos EUA, havendo outras empresas que estão neste momento em risco de se juntar a ela, incluindo a Hikvision e Dahua, fabricantes bastante populares de câmaras de vigilância.

A simples ameaça já se fez ressentir no valor em bolsa de ambas as empresas, e marca mais um passo na crescente escalada da guerra comercial entre EUA e China, que até ao momento tem tido a Huawei como figura principal. É de prever que a China esteja a preparar a sua retaliação, já que tem também muitas formas para relembrar aos EUA de que será complicado viverem sem ela.

E falando de Huawei...


ARM suspende relações com Huawei



Na sequência do corte dados pelos EUA, segue-se agora também a britânica ARM, que terá dado instruções para suspender todos os contactos com a Huawei. Caso se venha a confirmar, este corte de relações poderá ter impacto ainda mais significativo que o impedimento do acesso aos serviços da Google.

Embora a Huawei desenhe e produza os seus próprios chips Kirin, no seu interior continuam a utilizar núcleos ARM. Podemos considerar os chips actuais como sendo compostos de blocos que podem ser encaixados para criar um chip à medida do desejado - CPUs, GPUs, RAM, comunicações, etc. - e se não puder recorrer aos módulos da ARM... será um golpe substancial. Ficará por explicar porque motivo uma empresa britânica acatará ordens dadas pelos EUA, ainda por cima quando o resto da Europa tem estado do lado da Huawei, mas isso já seria tema para outras conversas.


Tesla baixa preço do Model S e Model X



A Tesla continua a mexer nos preços dos seus automóveis quase de semana a semana, e desta vez foi para os fazer baixar. A Tesla reduziu 3 mil dólares ao preço do Model S e 2 mil dólares ao Model X. Variações que não me parece que sejam muito positivas... para todos os que compraram o carro na semana passada e assim se sentirão "enganados".

Em Portugal, o preço do Model S base é de 81 mil euros e o do Model X é de 86.6 mil euros. Em ambos os casos a prometida capacidade "Full Self Driving" é um opcional que implica pagar mais 6500 euros (por algo que previsivelmente não poderá ser activado nas estradas portuguesas durante os anos vindouros).


Curtas do dia


Resumo da madrugada

4 comentários:

  1. Nas "Curtas do dia", 1ª notícia "Valva lança app Steam Chat..." deve ser Valve ;)

    ResponderEliminar
  2. Parece-me que questão do processadores Kirin terem núcleos ARM lá dentro não está bem explicada.
    A ARM não fabrica hardware, faz só o design, investigação e especificação, e depois licencia a arquitectura as vários fabricantes, como a Qualcomm, a Mediatek, a Samsung, e a Huawei, que depois fabricam os seus próprios processadores, ou melhor dizendo systems-on-a-chip(SOC), com base na arquitectura ARM, que assim, recebe royalties por cada SOC fabricado, por terem como base patentes suas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, o que de forma simplificada se traduz em "terem núcleos ARM lá dentro". :)
      Não estava a dizer que eram blocos físicos, são blocos lógicos (levado ao extremo, até podiam ser implementados numa FPGA.)

      Eliminar
  3. http://infocenter.arm.com/help/index.jsp?topic=/com.arm.doc.dht0001a/CHDIBGAI.html

    ResponderEliminar

[pub]