2022/08/17

Notícias do dia

Carregadores avariados também chateiam condutores nos EUA; iPhone 14 Pro mais caro mas com aumento de espaço base; Fluid One usa UWB para controlar dispositivos para que se aponta; Análise ao D-Link EAGLE PRO AI; AI mostra semelhanças com cérebros; e batalha entre Google e Sonos deixa Chromecast encravados com os Pixel.

Antes de passarmos às notícias, já temos novo passatempo semanal, que desta vez te pode valer um um adaptador de tomada universal com carregador USB, perfeito para as férias.

Android 13 impede apps de partilha de clipboard

Enquanto a Google promete para breve a partilha do clipboard entre smartphones e tablets, o Android 13 impede que outros façam o mesmo, dificultando a vida a apps como o Join de partilha do clipboard.

Copiar algo entre o smartphone e um PC é algo que muitas pessoas consideram indispensável no seu dia a dia, mas que sofrerá um retrocesso com o Android 13 que adopta mais restrições de segurança para impedir o uso abusivo. E com isso, as apps legítimas ficam também impedidas de o fazer, sem haver formas fáceis de "dar a volta" ao assunto, e obrigando os utilizadores a fazerem cliques extra de algo que, até aqui, podiam fazer de forma mais eficiente.

Pelo lado positivo, tendo em conta o ritmo de adopção do Android, é algo que só deverá começar a chatear os utilizadores daqui por um ano, e até lá pode ser que já se tenha encontrado uma solução.


Google Meet com indicador de ruído

O Google Meet vai passar a dar indicação visual do nível de ruído, e também de quando entra em acção o seu sistema de redução de ruído.

Não há nada de mais irritante numa videoconferência do que ter alguém a emitir continuamente ruído. Para evitar essas situações, o Google Meet vai começar a exibir um indicador que alerta quando o sistema de redução de ruído entra em acção, e depois exibindo uma discreta animação a sinalizar que existe nível de ruído elevado que poderá justificar que o participante faça os devidos ajustes. Infelizmente, é uma daquelas funcionalidades que só ficará disponível para as contas empresariais.


American Airlines encomenda 20 aviões supersónicos

O sector da aviação pode estar a passar por momentos de crise, mas a American Airlines olha para o futuro e aprovou uma encomenda de 20 aviões da Boom Supersonic.

A Boom Supersonic tem estado a desenvolver uma nova geração de aviões supersónicos, que seriam os primeiros (e únicos) depois da desactivação da frota Concorde, e apesar dos atrasos, diz que terá aviões prontos em 2026. Estes aviões poderão reduzir para metade o tempo das viagens intercontinentais, fazendo Londres - Nova Iorque em 3h30m, e Los Angeles - Sydney em apenas 6h45m.


Curtas do dia


Resumo da madrugada



Curiosidade do dia: A Sonos foi criada em 2002 e depressa conquistou posição de referência no campo das colunas wireless e sistemas multi-room. Em 2019 foi alvo de polémica por querer inutilizar colunas funcionais para obrigar a comprar novos modelos - coisa que acabou por abandonar passados alguns meses.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]