2017/10/09

Notícias do dia

Microsoft reconhece que Windows 10 Mobile está "morto"; revisitamos o Mate 9 após um ano de utilização; a Netflix vai aumentar os preços em Portugal; o Ford Mustang de 2018 vem com "modo silencioso" para não incomodar os vizinhos; falamos do gateway e sensores Xiaomi para monitorizarem a casa a baixo custo; a Apple investiga iPhones 8 com bateria inchada; e a Cloudflare suspende sites que usam Coinhive para gerar Monero à custa dos visitantes.

Antes de passarmos às notícias, não se esqueçam que está a chegar ao fim o passatempo do livro FCA deste mês, dedicado ao Desenvolvimento de aplicações com Android Studio.

Pixel 2 vem com eSIM



Os compradores do Pixel 2 poderão já não ter que se chatear com trocas de cartões SIM, isto porque os Pixel 2 são dos primeiros smartphones a recorrerem ao mais moderno eSIM, que basicamente funciona como um cartão SIM programável já integrado no próprio dispositivo.

Quer isto dizer que o processo de trocar de operador poderá ser feito de forma praticamente instantânea e sem necessidade de ir a uma loja buscar outro cartão (e para os operadores, poupam o custo de um cartão SIM). Por outro lado, complicará o processo a nível de garantir o suporte entre os vários operadores... por agora esta funcionalidade do eSIM estará apenas disponível para os clientes do Project Fi da Google.


Smartphones Android ficam com 2.5 anos de atraso face ao Face ID



A Apple não nos tem trazido grandes novidades nos iPhones nos últimos anos, mas no iPhone X surpreendeu o mercado ao conseguir incluir uma câmara 3D Face ID num formato que não se acreditava ser possível.

Temos smartphones/tablets Android que já têm apostado em câmaras 3D (os do Project Tango), mas são equipamentos que ainda são demasiado volumosos para serem considerados atractivos para uso "normal". No iPhone X, a Apple não só apostou numa câmara realmente 3D, como a aplicou como câmara frontal, para fazer o reconhecimento do rosto. É algo que tem levado ao aumento da procura por tecnologia idêntica, mas que os analistas dizem que demorará 2.5 anos até que os fabricantes de componentes tenham algo equivalente para oferecer.


Empresas tecnológicas apostam em novos espaços para trabalhar



Gabinetes individuais, cubículos, open-space... o espaço de trabalho nas empresas tem sofrido alterações ao longo das décadas, e a mais recente tendência é não apostar num único estilo mas sim na combinação de todos eles, para que cada pessoa possa encontrar o espaço adequado à tarefa do momento (e claro, também da sua disposição pessoal).

Nas remodelações que a MS tem feito nos seus espaços, não será difícil encontrar espaços open-space onde todos podem trabalhar, a sós ou em conjunto; a par de gabinetes individuais com isolamento sonoro; ou até de umas algo claustrofóbicas "cabines" onde qualquer pessoa se poderá refugiar quanto se quer concentrar no que está a fazer sem risco de distracções.


AOL Instant Messenger encerra a 15 de Dezembro



Após 20 anos em operação, o icónico (mas nem sempre apreciado) AIM, que em tempos foi um dos mais populares "messengers" na Internet, vai finalmente ser encerrado. Para os mais novos, o AIM já será um perfeito desconhecido; para outros, era mais um dos messengers que se vinha intrometer entre o ICQ e MSN da Microsoft, com um modesto Gchat a tentar roubar-lhes utilizadores...

Hoje em dia, o Messenger (agora do Facebook) e WhatsApp dominam o sector das mensagens (enquanto alguns se mantêm fiéis ao Hangouts da Google)... fazendo com que seja indispensável a pergunta: como estarão estes daqui por 20 anos? :)


Curtas do dia


Resumo da madrugada





1 comentário:

  1. Era muito bom conseguir usar o eSIM juntamente com um SIM normal pro forma a termso uma especie de Pixel dual-SIM ;)

    ResponderEliminar

[pub]