2018/02/14

Notícias do dia

O serviço MEO Music encerra a 28 de Fevereiro (e propõe troca pelo Deezer, pago); Xiaomi apagou votação em que utilizadores preferiram Android One ao MIUI 9; Apple Music para estudantes chega a Portugal por €3.49/mês; Robots da Boston Dynamics já trabalham em conjunto para abrir portas; Huawei incentiva "reviews falsas" do Mate 10 Pro nos EUA; carteiras Ledger de criptomoedas vulneráveis a ataques via Javascript; e verdade e mentira serão cada vezmais difíceis de distinguir na internet.

Antes de passarmos às notícias do dia, não se esqueçam que esta semana temos para vos oferecer uns headphones Bluetooth dobráveis.

Actualização da Fiat Chrysler deixa carros a fazer reboot



Embora os utilizadores muito apreciem actualizações que tragam novas funcionalidades, a Fiat Chrysler tem em mãos um caso que relembra porque motivo os fabricantes preferem não arriscar com actualizações mais arriscadas. É que infelizmente, há sempre o risco das coisas poderem correr mal, e é precisamente isso que está a acontecer ao sistema UConnect.

Depois de terem recebido a última actualização, os automobilistas descobriram que o seu sistema UConnect está agora a fazer reboots a cada minuto.

... Será altura de desligarem o carro, saírem, voltarem a entrar, para ver se já resolveu o problema? ;P


EUA desaconselham utilização de smartphones da Huawei



OS EUA continuam numa verdadeira campanha anti-Huawei (e anti-ZTE), desta vez com os chefes do FBI, CIA, e NSA a "alertarem" o público norte-americano para a sua preocupação de que a utilização de smartphones da Huawei poderá ir contra os interesses nacionais, relembrando as fortes ligações da marca ao governo chinês e ao seu sector militar.

... Como sempre, há sempre dois lados para cada questão, e é preciso não nos esquecermos de que a própria NSA já foi apanhada a fazer escutas e espionagem a larga escala a nível mundial (e até aos próprios aliados dos EUA)... pelo que... vale o que vale.


Xiaomi Mi A1 ganha Google Camera com HDR e EIS sem root



Melhorar a câmara do Xiaomi Mi A1 usando a app da câmara da Google é algo que tinha como ponto negativo a necessidade de root ou perder o acesso às actualizações automáticas, mas agora isso fica resolvido com o novo instalador do Google Camera.

O processo ainda obriga a ter algum trabalho, mas realiza de forma automática todo o processo de desbloquear o bootloader, instalar e rebloquear o bootloader; para que os utilizadores fiquem com acesso à app, com os seus modos HDR+ e estabilização electrónica, e continuem a ter acesso às actualizações oficiais do sistema.


Samsung e Harman mostram cockpits digitais para os carros do futuro


Mais importante do que substituir os painéis de instrumentos tradicionais nos automóveis por ecrãs digitais, é desenvolver o software e interfaces adequados a tirar o máximo partido deles. É precisamente isso que a Samsung tem feito com a Harman (que comprou no final de 2016), e não há dúvida de que as suas propostas têm muito bom aspecto.

... Ainda bem que os carros do futuro poderão conduzir-se sozinhos, para nos dar tempo para brincar com todas estas coisas... :)




Curtas do dia


Resumo da madrugada



1 comentário:

  1. Talvez os fabricantes dos automóveis devam começar a fazer o que a "GIGABYTE TECHNOLOGY CO., LTD." já faz nas suas placas mães aos anos com a "tecnologia" GIGABYTE DualBIOS™ ou seja: na prática é colocar dois chips com a BIOS, se o chip principal tiver problemas causados por alguma actualização da bios que correu mal, ou algum vírus que infectou a BIOS ou o próprio chip falhar o outro chip alternativo tenta recuperar o chip principal com a BIOS e se falhar ele próprio assume o comando garantindo que a placa mãe se mantêm funcional.

    A CIA, FBI, NSA avisarem as pessoas para não utilizarem equipamentos de empresas chinesas não deixa de ser irónico quando quase todos os equipamentos são fabricados lá, mesmo de marcas de empresas norte-americanas.
    Mas a ironia ainda vai mais longe, estamos a falar de um país onde as comunicações via GSM/ 3G/ 4G não podem ser cifradas para suas excelências poderem interceptar as comunicações sem qualquer dificuldade em directo logo no momento em que o decidem fazer... sendo a suposta protecção das pessoas contra a intercepção o facto da lei não permitir que exista aparelhos de intercepção a não ser por parte das forças de segurança... como se uma lei dessas impedisse a malandragem e não só de ter tais equipamentos de forma ilegal...
    ... mas depois ah! e tal os chineses... que descaramento... querem interceptar tudo e mais ainda e depois queixam-se que os outros estão a tentar fazer o mesmo que eles fazem!
    Ouve-se muitas vezes falar da quebra das cifras entre os terminais e as torres, mas lá nem isso deixam, nem a protecção mais fraquita! Felizmente que agora começam a aparecer soluções robustas tipo Threema e eventuais outras que são totalmente independentes de números de telefone e e-mails e que usam os seus próprios identificadores, tornando a vida de quem quer interceptar tudo mais difícil quando todos utilizam tais aplicações, pelo menos em contexto de trabalho e por vezes em contexto de amizades.

    ResponderEliminar

[pub]