2020/02/10

Notícias do dia

NOS lança tarifário de internet Fibra 30 de €24.99; Android 8 e 9 vulneráveis a ataques Bluetooth; Tranquilidade também não valida emails dos clientes; Huawei vai pré-instalar 70 apps Android mais populares nos seus smartphones sem Play Store; como parar os previews automáticos na Netflix; ex-funcionário da Tesla cria baterias com 20% mais autonomia; hackers mostram como roubar dados de PC isolado usando brilho do ecrã; Google, YouTube e Facebook exigem que Clearview AI suspenda recolha de rostos.

Antes de passarmos às notícias de hoje, já temos novo passatempo do gadget da semana que te pode vale um cartão microSD 64GB.

Coronavirus revela hiper-vigilância na China



O estado de vigilância permanente na China salta para a linha da frente com o surto do coronavirus. Cidadãos estão a ser contactados porque os seus carros foram vistos em zonas de contágio; ou por se aventurarem fora de casa antes de ter terminado o período de quarentena. Coisas possíveis graças às câmaras de vigilância que reconhecem as matrículas e rosto das pessoas; mas que podem chegar a coisas como saber quem é que esteve na mesma carruagem de comboio de alguém que tenha estado numa zona infectada.

Neste caso até se poderá dizer que é uma boa utilização da tecnologia... mas importa relembrar que esta vigilância continuará a ser feita permanentemente, a tempo inteiro, independentemente de ser para "bons" ou "maus" usos...


Solar Orbiter a caminho do Sol


A NASA e ESA lançaram com sucesso o Solar Orbiter que, como o nome indica, irá observar o Sol. A diferença é que desta vez não se irá limitar a ver o Sol "de lado", mas sim observar atentamente os pólos da estrela - recolhendo preciosa informação que poderá ajudar a melhor perceber o ciclo de inversão magnética que ocorre a cada 11 anos e que provoca um aumento da actividade solar. Não havendo imprevistos, a sonda deverá chegar ao Sol daqui por dois anos.




Amazon Flex incentiva recurso a "auto-toques"



O serviço Amazon Flex funciona como um "Uber" para as entregas, onde os condutores que forem mais rápidos a carregar no botão de aceitar as encomendas é que ganham os transportes. E sem surpresa, isso está a dar origem a todo um novo segmento de negócio para apps e dispositivos que aceleram o processo de clicar nos botões.

Alguns dos sistemas usam apps, outros recorrem a sensores e actuadores mecânicos para "tocar" no ecrã, sempre com a missão de tentarem clicar no botão mais rapidamente que os seus concorrentes. Uma situação que relembra que, independentemente da área e das técnicas necessárias, haverá sempre que esteja disposto a usar "o que for preciso" para ter vantagem.


Microsoft Surface Duo apanhado em público


A Microsoft ainda não aderiu aos ecrãs flexíveis, mas o seu Surface Duo dobrável com dois ecrãs independentes parece já estar suficientemente capaz para sair para a rua e ser testado no mundo real. Sendo precisamente isso que foi apanhado em vídeo.




Curtas do dia


Resumo da madrugada




Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]