2019/09/16

Notícias do dia

YouTube vai encerrar interface para TVs; iPhone 11 Pro pode vir com carregamento wireless desactivado; Tesla Model S modificado já rola no Nurburgring; Huawei Mate 20 Pro - 1 ano de utilização; falha no iOS 13 permite aceder aos contactos em Phones bloqueados; Japão em 8K a 60fps no YouTube; Darktable - alternativa gratuita ao Lightroom; NASA avança com telescópio espião reciclado WFIRST; porta telnet aberta em rádios "internet" deixa milhões de equipamentos em risco; Google Photos destaca "memórias" dos anos anteriores; Best Buy abandona os seus electrodomésticos inteligentes, deixa clientes com electrodomésticos "burros".

Antes de passarmos às notícias do dia temos um novo passatempo gadget da semana, que te pode valer um módulo de tomada inteligente WiFi, e também está de regresso o Fundo de Gadgets, desta vez destinado à aquisição de um iPhone 11 (estamos a poucos euros de chegar ao 11 Pro).

HTC Exodus 1 vem com Bitcoin (cash) de origem



A HTC tem estado muito longe dos seus tempos de glória, e agora recorre a uma parceria com o Bitcoin.com para se tentar destacar dos concorrentes, criando o smartphone Exodus 1 com carteira de Bitcoin Cash (BCH) integrada de origem sem necessidade de se instalar qualquer app adicional.

Por seu lado, os proponentes e impulsionadores do Bitcoin Cash também vêem isto como uma oportunidade para dar mais visibilidade ao BCH e fazê-lo chegar às mãos do público em geral. Infelizmente, parece-me mais uma parceria em que ambos os parceiros podem precisar um do outro, mas esqueceram-se do pequeno detalhe de que os utilizadores continuarão sem precisar de ambos - ou, dito de outra forma, têm muitas outras alternativas que não os deixam demasiado dependentes num smartphone ou criptomoeda específica.


VW vai investir na criação do "vw.os" para os seus automóveis



Com os planos para os eléctricos delineados com o lançamento do ID.3 no próximo ano, a VW começa a aperceber-se que a parte física dos carros não é tudo, e promete investir 8 mil milhões de euros nos próximos anos na parte do software, com a criação da sua própria plataforma "vw.os" que será transversal aos seus veículos futuros e que permitirá mantê-os actualizados com parte de uma rede global com comunicação entre automóveis.

Vamos esperar que isto nos leve em direcção a um futuro onde todos os carros possam comunicar com todos os carros, e não a um onde teremos VWs a falar apenas com VWs, Teslas a falar com Teslas, etc. etc.


Face unlock do Pixel 4 alerta para os riscos do desbloqueio facial



O Pixel 4 quer mesmo candidatar-se ao smartphone com menor elemento surpresa de todos os tempos, com tudo o que há para conhecer sobre o smartphone a circular na net (há até quem esteja a vender modelos de pré-produção que prometem ser iguais aos modelos finais!) e por isso não é de estranhar que também já ande a circular como funciona o seu sistema de reconhecimento facial.

A parte mais curiosa é que a Google alertará logo de início para os potenciais riscos da utilização deste sistema, referindo que o smartphone poderá ser desbloqueado por outra pessoa que o aponte para a nossa cara desde que se tenha os olhos abertos, ou por alguém que seja muito parecido (irmão gémeo, etc.) Por outro lado, assegura que os dados biométricos recolhidos e utilizados neste sistema não são enviados para nenhum servidor externo, ficando unicamente guardados no próprio smartphone.


Serviço de cinema "ilimitado" MoviePass encerrou



Más notícias para os fãs do sonho das idas ao cinema ilimitadas que eram prometidas pelo Movie Pass - pagar uma mensalidade fixa para se ir ao cinema quantas vezes se quisesse - depois de muitos altos e baixos (principalmente "baixos"), o serviço encerrou este fim-de-semana.

Embora por cá não se tivesse este serviço, o seu falhanço faz com que seja menos provável que surjam serviços idênticos noutros países (como Portugal). Embora por cá se assista quase a uma situação de monopólio, com a NOS a dominar praticamente todas as salas de cinemas nos centros comerciais - e depois dando origem às situações caricatas como a do "Fast & Furious Presents: Hobbs & Shaw", que a NOS decidiu não exibir nas suas salas, obrigando os portugueses a relembrarem-se dos tempos antigos, e de terem que procurar algum cinema específico onde passasse o filme que queriam ver.


Curtas do dia


Resumo da madrugada




2 comentários:

[pub]