2021/01/25

Notícias do dia

Procura reduzida do iPhone 12 mini faz Apple desviar produção para modelos maiores; SpaceX bate recorde com lançamento de 143 satélites; Beeper unifica 15 serviços de chat num só; tomada de posse de Biden dominada por meme de Bernie Sanders; Google ameaça saída da Austrália caso nova lei seja aprovada; iOS 14.3 impede transferência de fotos para Windows via USB; córnea artificial da CorNeat dá visão a pessoas cegas; Itália exige suspensão de contas TikTok sem idade verificada após morte de criança; funcionário de empresa de segurança espiou câmaras domésticas de centenas de clientes durante anos.

Antes de passarmos às notícias do dia, temos novo passatempo gadget da semana, que desta vez te pode valer uma coluna BT Anker Soundcore Mini.

Huawei prepara venda das marcas Mate e P?

A Huawei parece estar satisfeita com os resultados de separar a divisão Honor vendendo-a a um consórcio chinês para a isolar das restrições que estão a ser impostas pelos EUA e assim poder continuar a ter acesso a fornecedores (ver notícia abaixo) e vender smartphones com apps Google, e agora prepara-se para fazer o mesmo com as suas gamas Mate e P.

O processo seria o mesmo, vender as marcas a um consórcio, mas desta vez a coisa torna-se mais difícil de justificar ou "disfarçar". Ao contrário da Honor, que sempre foi uma sub-marca, as gamas Mate e P estão intimamente ligadas à marca principal Huawei. Teremos que esperar para ver se efectivamente se trata de um licenciamento das marcas e o desenvolvimento será feito de forma completamente independente, ou se será apenas uma tentativa (pouco convincente) de contornar as restrições aplicadas.


Honor diz já ter fornecedores norte-americanos

A propósito da notícia acima, a Honor tem feito render a sua separação da Huawei e diz já ter assegurado o fornecimento de vários fabricantes, incluindo a Intel, AMD, Micron, Microsoft, Qualcomm, entre outros - fornecedores com as quais estaria impedida de negociar caso ainda se encontrasse sob a alçada da Huawei.

Com a mudança de administração nos EUA (de Trump para Biden), não se sabe ainda como é que isso irá afectar as relações com a China e, mais concretamente, esta situação que colocou dezenas (ou centenas) de empresas chinesas na lista negra de restrições dos EUA, limitando seriamente a sua capacidade de produzir ou desenvolver novos produtos.


Parlamento Europeu convida CEOs da Apple, Alphabet, Facebook e Amazon para audiência

Com as eleições norte-americanas terminadas e um novo presidente (Biden) na Casa Branca, a UE relembra aos gigantes tecnológicos que os assuntos da actualidade não estão esquecidos e que há ainda muito por fazer. Nesse sentido, o Parlamento Europeu convidou os CEOs dos quatro principais gigantes tecnológicos - Facebook, Apple, Alphabet (Google) e Amazon - para comparecerem numa audiência em Bruxelas a 1 de Fevereiro.

A medida parece ser apenas um teste político para avaliar a receptividade / "boa vontade" das ditas empresas às averiguações europeias, mas nesta fase poucos são os que acreditam que algum dos CEOs esteja disposto a aceitar tal convite. Veremos de que forma é que essa recusa irá afectar as futuras deliberações europeias em relação ao domínio excessivo que estes gigantes têm sobre o actual panorama tecnológico mundial.


Hacker divulga dados de 2.8M de utilizadores de site de dating

Mais uma semana, mais um roubo de dados que aparecem na internet. Desta vez são os dados referentes a 2.8 milhões de utilizadores do site de encontros MeetMindful.

Não só os dados de um site de encontros já fariam antecipar coisas sensíveis, como preferências sexuais, mas os dados vão muito para além disso, incluindo coisas como os nomes reais, emails, moradas, endereços IP, localizações, e até tokens de autenticação do Facebook. E tudo isto foi disponibilizado gratuitamente num fórum de hackers, significando que estes dados passam a estar incluídos no manancial de informação que passa a ser "pública" e que nunca mais poderá voltar a ser "secreta".


Curtas do dia


Resumo da madrugada





Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]