2020/05/18

Notícias do dia

Num fim-de-semana dominado pela aquisição do Giphy pelo Facebook temos ainda; a app Info Praia pede permissões excessivas; Nowo com velocidade ultra-lenta de dados; a Netflix começou a repor qualidade original dos streams na Europa; fizemos uma viagem ao passado para ver como o Telebanco permitia levantar dinheiro sem sair do carro em 1965; como fazer prateleiras com iluminação LED controlada via Alexa; e ainda uma série de acontecimentos que nos deixam preocupados: Google Nest Hub mostra imagens de câmara da casa de outra pessoa; Edison Mail deu acesso a emails de outros utilizadores; e ainda como a falta de verificação de email no Zoom deixa desconhecido como administrador de escola.

Antes de passarmos às notícias de hoje, participa no passatempo gadget da semana que desta vez te pode valer um prático adaptador universal de tomada com carregador USB integrado.

Alienware destrói o sonho dos portáteis actualizáveis



Com o seu portátil Area-51m a Alienware deu alguma esperança aos utilizadores de que poderia ser possível fazer upgrade do hardware dos portáteis de forma idêntica à que se faz nos computadores desktops, com um novo formato de placa gráfica DGFF (Dell Graphics Form Factor). No entanto, a chegada da segunda geração deste portátil destrói por completo esse sonho.

As novas placas gráficas só serão compatíveis com o novo modelo, fazendo com que o modelo original apenas tenha acesso à selecção de placas gráficas que estavam disponíveis na altura do seu lançamento. Ou seja, um processo de actualização ultra-limitado que fica bastante aquém do que seria desejado: de se poder aplicar um novo GPU mais potente que fosse lançado um par de anos após o lançamento do portátil. E o mesmo para o CPU, que embora possa ser trocado, também não permite a instalação de um CPU Intel de 10ª geração - mas aqui a culpa já é da Intel, por ter voltado a trocar os chips / sockets.


Google vai enfrentar novos processos anti-monopólio nos EUA



Para além de todos os processos que enfrenta um pouco por todo o mundo, a Google também não vai ter descanso nos EUA, havendo "altas probabilidades" de vir a enfrentar novos processos anti-monopólio nos próximos meses, referentes ao seu domínio do sector de publicidade na internet.

Embora o Facebook se mantenha quase sempre em destaque em termos dos abusos cometidos com os dados dos utilizadores (com potencialidades sempre crescentes, como demonstrará a recente aquisição do Giphy), a Google tem um alcance que em nada lhes fica atrás, por conta do seu sistema de análise de estatísticas, usado em praticamente todos os sites na web, e o sistema de publicidade adsense. Sistemas que permitem saber, com elevada exactidão, tudo o que todos os utilizadores fazem na internet.


Prova de 24h de Le Mans vai ter versão virtual



Com a prova "real" das 24h de Le Mans a ter sido adiada para 19 de Setembro por causa do Covid-19, os organizadores seguem o exemplo de outras provas automobilísticas e anunciaram que se irá manter uma prova na data original (13 de Junho) mas em versão digital.

A prova irá dar uso ao simulador rFactor 2, bem conhecido dos fãs dos simuladores de corridas, que por vezes já nos faz pensar se estamos a ver um jogo ou imagens do mundo real. :)




TSMC suspende novas encomendas da Huawei



Devido ao novo pacote de restrições dos EUA à Huawei, a TSMC anunciou que deixará de poder aceitar novas encomendas de chips feitas pela Huawei. Embora a Huawei desenvolva os seus próprios chips (como os Kirin) a produção dos mesmos tem ficado a cargo de empresas como a TSMC. Aliás, a Huawei é o segundo maior cliente da TSMC, apenas atrás da Apple, e representando entre 15-20% das suas receitas anuais.

Em antecipação a isto a Huawei já tinha vindo a criar stock dos chips mais essenciais, supostamente tendo componentes suficientes para manter a produção dos seus produtos durante 12 meses. No entanto, esta restrição obrigará a Huawei a recorrer a empresas alternativas, como eventualmente a STMicroelectronics ou - no caso de já se querer precaver que também a Europa siga o exemplo dos EUA - dedicar-se exclusivamente a produtores de chips na China. Mas entretanto, será de esperar que estas restrições sejam alvo de retaliações...


Curtas do dia


Resumo da madrugada




Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]