2022/09/19

Notícias do dia

Bug nos iPhone 14 Pro faz vibrar as câmaras; Intel mata marcas Pentium e Celeron a partir do próximo ano; Android 13 exige 2 GB de RAM como mínimo; análise ao vivo X80 Pro; bot GPT-3 desencaminhado por instruções dos utilizadores; e projecto apanha Instagrammers a tirarem as suas fotos em câmaras públicas.

Antes de passarmos às notícias, não deixes de participar no nosso habitual passatempo semanal, que desta vez te pode valer um carregador Anker Power Port PD 2.

Avast compra extensão "I don't care about cookies"

A popular extensão "I don't care about cookies" que livra os utilizadores dos inoportunos, ridículos, maçadores, intrusivos, e ultimamente inconsequentes popups dos cookies, vai passar a pertencer à Avast.

A compra está a preocupar muitos dos utilizadores da extensão, que vêem esta medida como uma forma fácil de recolher dados de milhões de utilizadores. No entanto, tanto o criador da extensão como a Avast asseguram aos utilizadores que não será o caso, relembrando que a extensão nem sequer faz qualquer tipo de recolha de dados. Por agora pode ser que sim, mas o tempo tem a curiosa tendência de causar "esquecimento" das promessas feitas - como o famoso caso do "don't be evil" da Google.


Cientistas criaram partículas a partir do "nada"

Cientistas conseguiram comprovar em laboratório, pela primeira vez, o efeito Schwinger, previsto por Julian Schwinger em 1951.

O mundo quântico é estranho quando visto pela perspectiva da física clássica, e torna-se ainda mais estranho quando se vai à essência da criação das próprias partículas fundamentais do Universo, que podem surgir espontaneamente do "nada" sob certas condições. Infelizmente essas condições são tão extremas que apenas se crê que aconteçam em buracos negros ou no interior de estrelas de neutrões; mas agora, foi possível comprovar esse mesmo efeito em laboratório, usando a ajuda do grafeno para "remover" uma das dimensões e permitir que o efeito ocorresse sob condições mais modestas - usando poderosos campos electromagnéticos para separar partículas que surgem, antes que tenham oportunidade para se anular de forma quase imediata.


Norte-americanos rendem-se às legendas

Nos EUA, são cada vez mais as pessoas que se rendem às vantagens das legendas "closed caption" que em tempos eram associadas a algo apenas utilizado por pessoas com deficiências auditivas; mas que agora começam a ser disponibilizados em todo o lado, usando as capacidades de AI para reconhecer conversas e criar a legendagem automaticamente nos computadores e smartphones.

Embora por cá seja algo que estamos habituados a ter desde sempre, para quem não tinha por hábito utilizá-las, começa a perceber as coisas que pode fazer, como poder acompanhar um vídeo sem necessidade de o ouvir, enquanto faz outras coisas, ou até enquanto até pode estar a ouvir música - limitando-se a seguir o conteúdo. Torna também "irrelevante" a linguagem de origem do vídeo, permitindo acompanhar vídeos criados em qualquer parte do mundo em vez de se ficar limitado a vídeos com áudio criado numa língua que se perceba.


Curtas do dia


Resumo da madrugada






Curiosidade do dia: O Windows conta com sistema de reconhecimento de voz integrado desde o Windows 7. No Windows 10 e 11 o sistema de escrita por dicção por ser activado com as teclas Win + H.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]