2018/10/01

Notícias do dia

Falha de segurança no Facebook obrigou a fazer sign out de 90 milhões de utilizadores; o Spotify deixou de pedir GPS para validar moradas; para celebrar o 20º aniversário, a Google disponibilizou as suas origens no Street View; bug no iPhone XS impede carregamento em standby; Elon Musk quer base em Marte antes do fim da próxima década; uma mega novela do nosso Luis Costa a propósito do Home Assistant e gateway da Xiaomi; milhares de sites acedem aos sensores dos smartphones sem permissão; e o criador da Web apresentou o Solid como sendo a web do futuro e sob controlo dos utilizadores.

Antes de passarmos às notícias de hoje, está na recta final o actual passatempo do "gadget da semana", que desta vez tem para oferecer uma mochila com porta USB; e podem ainda ganhar exemplares do livro Segurança no Software da FCA.

Unificação de "iMessages" no iOS 12 está a juntar conversas que não devia



Uma das novidades das iMessages no iOS 12 é que a Apple começou a unificar as conversações, mas o processo parece não estar a ser feito da melhor forma. A ideia é a de que os utilizadores tenham acesso às suas mensagens, independente de as terem feito a partir do seu smartphone ou do computador, ou de outros endereços iMessage que tenham associados à sua conta. O problema é que isto está a juntar conversações de múltiplos contactos diferentes, com a agravante de que a mensagem que se envia de resposta poder ir parar a outra pessoa daquela a que se destinava.

Considerado que a grande vantagem do iMessage / Message da Apple é a sua facilidade de utilização, libertando os utilizadores das preocupações de usarem um SMS ou iMessage para qualquer contacto, este episódio vem manchar bastante essa simplicidade. Vamos lá ver quanto tempo demora a Apple a resolver este assunto (que seguramente poderia ser resolvido de forma bastante mais rápida se o Messages pudesse ser actualizado via "app" em vez de implicar uma actualização do "sistema").


Google Maps ganha streaming de música e informações adicionais



Se não dispensam ouvir música durante as viagens, o Google Maps passará a subir uns pontos no ranking de apps a utilizar, ganhando controlos imediatos e integração com o Spotify, Apple Music, e claro, o  Google Play Music. Mas as novidades não se ficam por aqui, com o Google Maps a trocar as anteriores secções de "Driving" e "Transit" para "Commute" e "For You", com informação melhorada para as viagens de casa-trabalho e trabalho-casa, incluindo melhor suporte para viagens multi-modais, em que podem ir de carro até certo ponto, apanhar um comboio de seguida, e depois um metro ou autocarro.

... Nalgumas cidades (bem, por agora apenas para Sydney) até chega ao ponto de mostrar o nível de ocupação de um autocarro ou comboio. O que não deixa de ser mais um passo necessário no caminho para a utilização o mais eficiente possível dos transportes públicos.


Música continua a dominar utilização de smart speakers


Os smart speakers já chegam a 24% dos lares nos EUA e as pessoas começam a habituar-se cada vez mais a dar-lhes uso. No topo da tabela, sem grandes surpresas, temos a confirmação de que a maioria das pessoas (90%) os utiliza para ouvir música; mas não menos interessante é que 81% já os utilizam para procura de informação "na hora" (estado do tempo, trânsito), 75% usam-nos para pesquisas gerais, e 68% também os usam para ouvir notícias, definir alarmes, ou até apenas para falar com eles por divertimento.

... Pela minha experiência pessoal, posso dizer que me enquadro perfeitamente nesta distribuição: com a música no topo, seguido das pesquisas, e comandos.


Huawei Watch 2 a €163 (!)




Quem estiver à procura de um smartwatch Android Wear de luxo, tem agora uma oportunidade incrível. O Huawei Watch 2 está disponível por apenas 163 euros na Amazon Itália.

O Watch 2 é um dos melhores smartwatches Android Wear no mercado, mesmo tendo sido lançado há mais de um ano, e tem acesso à mais recente versão Android Wear disponível. O único ponto "contra" que tenho contra ele é o facto de continuar a preferir o design mais limpo do Huawei Watch original - mas quem não desgostar do seu aspecto desportivo... nem há que pensar duas vezes.


Curtas do dia


Resumo da madrugada





1 comentário:

  1. Estou totalmente convencido que na questão de

    - muda ou não muda a hora duas vezes por ano
    - e se mudar, ficamos o ano todo com a atual hora de verão ou a do inverno

    o correto e afirmativo era manter a mudança da hora. Parabéns ao Governo.

    "Ah e tal, os europeus que responderam ao inquérito pronunciaram-se massivamente para acabar com a mudança da hora. Atão que raio de democracia é esta!" Pois, mas "em verdade dos digo":
    - a atual hora de verão o ano todo ia ser lixado de inverno
    - a atual hora de inverno o ano todo, no verão era um completo disparate.

    "Ah, mas há um pessoal lá pelo norte da Europa que nem dá por isso, ou o sol não se põe (ou quase) ou nasce e põe-se logo a seguir". Pois é, coitados :(

    https://www.publico.pt/2018/10/01/sociedade/noticia/portugal-nao-vai-acabar-com-a-mudanca-da-hora-1845952?utm_source=notifications&utm_medium=web&utm_campaign=1845952

    ResponderEliminar

[pub]