2021/05/31

Notícias do dia

Google Photos faz 6 anos e acaba com fotos ilimitadas gratuitas; Ford F-150 eléctrica surpreende com autonomia acima do indicado; Intel reforça CPUs 11th gen nos portáteis; Ingenuity pregou susto à NASA com falha durante o voo; NiceHash lança petição contra Microsoft e classificação "malware" no Windows; Tesla adia Model S Plaid para 10 de Junho; WhatsApp desiste de chatear utilizadores - por agora; Google dificultou deliberadamente desactivar a partilha de localização; e Net móvel Enjoy com "todo o tráfego" incluído - desde que não se passe os 30GB.

Antes de passarmos às notícias, já temos novo passatempo gadget da semana, que desta vez te pode valer um carregador Anker Power Port PD com 2 fichas USB. E sendo final do mês, é também a altura ideal para aderires ao Clube AadM+, que te dá acesso a descontos e ofertas exclusivas, e este mês valeu um Poco X3 NFC.

QUIC da Google passa a standard

Quase uma década após a Google apresentar o QUIC como alternativa ao TCP, a IETF (Internet Engineering Task Force) publicou-o como standard.

O TCP é um protocolo robusto mas complexo, criado na década de 70 sem poder imaginar como as coisas seriam 50 anos mais tarde. O QUIC usa o UDP, mais simples, mas adicionando-lhe elementos adicionais de segurança e correcção de dados para criar um sistema mais eficiente e adequado à internet moderna: permitindo o estabelecimento de ligações seguras muito mais rápidas, e facilitando alterações de rede (como quando se sai de casa e se passa do WiFi para os dados móveis). E agora, sendo um standard carimbado pelo IETF, abrem-se as portas para que comece a ser utilizado em mais larga escala.


Venmo adiciona opção de privacidade a lista de amigos - após se descobrirem os contactos do presidente Biden

A app Venmo é uma app de transferência de dinheiro que é bastante popular nos EUA, ao estilo do MB Way por cá - mas sem as comissões! :P - mas que sofria de um grave problema comum a toda a geração "social": a lista de amigos de qualquer utilizador era visível publicamente e nada se podia fazer quanto a isso. Nada, até que o utilizador em questão se tornou no actual presidente dos EUA, Joe Biden, e que assim permitiu descobrir quem tinha na sua lista de amigos.

Em resultado disso, a app já se apressou a adicionar uma opção para manter a lista de amigos privada. O que nos faz interrogar: teria sido assim tão difícil contemplar isso logo de origem? Mais ainda: porque raio não era isto algo que deveria ser privado de origem, e só tornado público se os utilizadores assim o desejassem?


Apple com uma década de avanço nos wearables?

Com o iPhone a Apple apanhou o mercado de surpresa e foram necessários vários anos para que o Android conseguisse tornar-se numa alternativa de peso. Agora, há quem diga que a vantagem que a Apple tem nos wearables com o seu Apple Watch é ainda maior, e que demorará uma década para ser igualada.

Sinceramente, penso que é uma ideia exagerada. Sim, a Apple tem liderado nos smartwatches, mas não me parece que desta vez tenha tanto avanço como com os iPhones. O Wear OS, apesar de todas as indecisões, é uma base de trabalho viável e que está pronta hoje mesmo, e não faltam smartwatches de qualidade no mercado. A recente aliança com a Samsung e a compra da Fitbit também fazem antever que daqui por um ano já se tenha no mercado diversos produtos prontos para enfrentar esse domínio da Apple. E mesmo que essa data derrape por mais algum tempo, garantidamente não irá demorar 10 anos para que "apanhem" à Apple.



Mega-queixa europeia contra o Facebook termina em parceria

O processo do Euroconsumers, que agrupa entidades de defesa de consumidores europeus de vários países, contra o Facebook - e que tinha prometido obter indemnizações de €200 para cada utilizador do FB na Europa, terminou de uma maneira que levantará imensas suspeitas: uma parceria com o próprio Facebook.

Não houve processo em tribunal, nem indemnizações para os consumidores. Em vez disso o grupo anuncia uma parceria que irá ter como prioridades manter o funcionamento da rede social dentro de parâmetros justos. Mas não ajudará nada para a sua credibilidade que se tenham recusado a revelar quanto é que o Facebook lhes pagou. Uma atitude que se vem somar a todas as outras que vão revelando que o principal intuito de muitos destes grupos de suposta "defesa dos consumidores" é apenas a defesa das seus próprias carteiras.


Curtas do dia


Resumo da madrugada






Curiosidade do dia: O sistema operativo MS-DOS foi lançado em 1981, mas era apenas uma versão com novo nome do 86-DOS criado por Tim Paterson no ano anterior, antes de ter sido comprado pela Microsoft por 75 mil dólares.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]