2022/06/13

Notícias do dia

Bitcoin cai para perto dos 22 mil dólares; iPhone 14 vai estrear câmara frontal com auto-foco; pudemos ver 15 minutos de Starfield; a Insteon regressa à vida pela mão dos clientes; NASA vai estudar OVNIs; Elon Musk revela 3ª fase do seu Master Plan; o caso dos Cinemas NOS e bilhetes para o email errado; e Holanda aceita alterações da Apple na App Store - mantendo comissão quase inalterada para a Apple.

Antes de passarmos às notícias, já temos novo passatempo semanal, que desta vez te pode valer um adaptador de tomada universal com carregador USB.

Intel Node 4 promete dobro da densidade nos chips

A Intel tem-se sentido injustiçada nos processos de fabrico, ao ver produtores como a TSMC a anunciar processos de fabrico de chips de 3 nm enquanto os seus chips ficam bastante atrás. Isso deve-se também ao facto da medida dos "nm" ter deixado de significar o que significava, já que diferentes processos de fabrico, como produção vertical e estruturas 3D, invalidam uma comparação directa dos processos. Algo que a Intel quer salientar com o seu novo processo Node 4.

Com o Node 4 a Intel entra finalmenta na era EUV (Extreme Ultra Violet) que permite a produção de chips com maior densidade, e por isso anuncia melhorias de 21.5% na frequência de funcionamento para a mesma potência, ou 40% de redução nos consumos para a mesma frequência, e até o dobro da densidade de componentes para a mesma área.

Os primeiros chips Intel neste novo processo serão os da geração Meteor Lake com lançamento previsto para o próximo ano (2023).


Inteligência Artificial aplicada ao desporto

Para além da monitorizaçao crescente dos desportos, capazes de fazerem coisas como identificar cada jogador em campo (no caso do futebol) e criar registos detalhados sobre quanto correram, que tipos de passos fizeram, e todas as demais estatísticas que agradarão aos treinadores e clubes; está a chegar-se a um ponto em que serão sistemas de inteligência artificial a dar as indicações sobre o que se deve fazer a seguir para maximizar a eficácia dos atletas.
Há muito que se utilizam sistemas de câmaras para analisar coisas como a forma como um corredor move as pernas e pousa os pés, ou como um nadador dá as braçadas, ou como um jogador de golf ou baseball dá a sua tacada; mas normalmente, esses dados eram analisados e interpretados por um humano, que tentava indicar as correcções para as melhorias. Um trabalho que poderá em breve tornar-se obsoleto, já que os próprios sistemas de AI poderão fazer essa análise e determinar o que fazer para atingir o máximo rendimento, até talvez batendo aquilo que se pensava ser possível.


MS Teams com áudio melhorado via AI


A Microsoft está a aplicar a "magia" da inteligência artificial à qualidade de som no MS Teams. Com este novo sistema, a MS diz conseguir transformar o som de uma pessoa a falar numa sala que gera bastantes ecos, em algo que é idêntico a ter sido captado num microfone de proximidade, proporcionando uma melhor experiência para todos os participantes de uma video-conferência.



Hubble descobre buraco negro inter-estelar

O velhinho Hubble continua a revelar detalhes impressionantes sobre o universo, e desta vez permitiu aos cientistas identificarem um buraco negro que está a passear no espaço inter-estelar na nossa própria galáxia.

Sem nada por perto para permitir a sua visualização, a única forma de o detectar foi através da distorção que causa nos elementos observáveis atrás dele. A mesma técnica que em 1919 permitiu validar a Teoria da Relatividade de Einstein durante um eclipse total.




Curtas do dia


Resumo da madrugada







Curiosidade do dia: A primeira impressora 3D comercial foi a SLA-1 da 3D Systems Corporation, lançada em 1987.


Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]